Fatores de produção

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Text document with red question mark.svg
Este artigo ou secção contém uma ou mais fontes no fim do texto, mas nenhuma é citada no corpo do artigo, o que compromete a confiabilidade das informações. (desde junho de 2010)
Por favor, melhore este artigo introduzindo notas de rodapé citando as fontes, inserindo-as no corpo do texto quando necessário.
Terra, trabalho e capital, os três recursos fundamentais.

Em economia, fatores de produção são os elementos básicos utilizados na produção de bens e serviços, conforme definiu a Escola Clássica dos economistas dos séculos XVIII e XIX.

Tradicionalmente, desde Say, são considerados como fatores de produção a terra (terras cultiváveis, florestas, minas), o homem (trabalho), e o capital (máquinas, equipamentos, instalações).[1]

A primeira escola científica da economia, representada pelos fisiocratas, elegeu a Terra como o único recurso responsável pela geração de riquezas. Adam Smith[2] e seus seguidores se inspiraram nesses estudos mas buscaram aperfeiçoá-lo e preferiram partir de um conjunto de três recursos fundamentais:

  • Terra – indica não só as terras cultiváveis e urbanas, mas também os recursos naturais.
  • Trabalho – refere-se às faculdades físicas e intelectuais dos seres humanos que intervêm no processo produtivo.
  • Capital – compreende as edificações, as fábricas, recursos materiais e imateriais.

Com o advento das grandes corporações, houve propostas de reconhecimentos de novos fatores de produção. Chiavenato [3] os chamam de Recursos Mercadológicos e Administrativos, que formam a teoria conhecida como 5M´s. Seriam os seguintes:

  • Recursos materiais ou físicos (tradicional Natureza), em inglês "Materials and Machinery";
  • Recursos financeiros (tradicional Capital), em inglês "Money";
  • Recursos humanos (tradicional Trabalho), em inglês "Man";
  • Recursos mercadológicos, em inglês "Marketing";
  • Recursos administrativos, em inglês "Management".

A Tecnologia que compreende a utilizada em maquinarias, equipamentos, informática, dentre outros, é apresentada como um novo fator [4]

Referências

  1. SANDRONI, Paulo Novíssimo dicionário de economia. "Fatores de produção", p. 235.
  2. SMITH, Adam An Inquiry into the Nature and Causes of the Wealth of Nations
  3. Administração de empresas: uma abordagem contingencial, Idalberto Chiavenato, McGraw-Hill, São Paulo, 1982, pag. 57
  4. Apostila de Economia (Faculdade Pitágoras)
Portal
A Wikipédia possui o
Portal da economia.


Ícone de esboço Este artigo sobre economia é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.