Fatwa

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Nota: esta página contém alguns caracteres especiais e é possível que a impressão não corresponda ao artigo original.

Uma fátua[1] ou fatwa[nota 1] (em árabe: فتوى; transl. fatwā, plural fataawa) é um pronunciamento legal no Islão emitido por um especialista em lei religiosa, sobre um assunto específico.[2] Normalmente, uma fatwa é emitida a pedido de um indivíduo ou juiz de modo a esclarecer uma questão onde a fiqh, a jurisprudência islâmica, é pouco clara. Um académico que seja capaz de emitir fataawa é conhecido por mufti.

Porque no Islão não há uma estrutura central, também não há unanimidade quanto ao método de determinar quem pode emitir uma fatwa e quem não pode. Isto leva alguns académicos a queixarem-se de que demasiadas pessoas se sintam qualificadas para emitir "fatwas".

Notas[editar | editar código-fonte]

  1. Jalal, Ayesha. Combatentes de Alá. Ed. Larousse. Trad. Gonçalves, Luiz Roberto Mendes. p36

Referências

  1. "fátua", in Dicionário Priberam da Língua Portuguesa (em linha), 2008-2013, http://www.priberam.pt/dlpo/fátua (consultado em 13-07-2014).
  2. Fatwa - About.com (em inglês) About.com.
Ícone de esboço Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.