Federação Internacional de Basquetebol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fédération Internationale de Basketball
Mundo FIBA.PNG

As Confederações continentais membros da FIBA
Lema "We are Basketball (Nós somos o Basquetebol)"
Fundação 18 de Junho de 1932
Tipo Desportiva
Sede Genebra, Suíça Suíça
Membros 215 Seleções
Secretário Geral Patrick Baumann
Sítio oficial http://www.fiba.com

A Federação Internacional de Basquete (em francês: Fédération Internationale de Basketball, mais conhecida pelo acrônimo FIBA), é uma associação que organiza e regula o esporte em nível mundial.

A FIBA também definiu as regras internacionais de basquetebol, especificando equipamentos, fiscalizando a transferência de atletas entre países, controla ainda os arbítros em nível mundial. Conta com 215 associações nacionais federadas e, desde 1989, está organizada em cinco zonas continentais: FIBA África, FIBA Américas, FIBA Ásia, FIBA Europa e FIBA Oceania.

História[editar | editar código-fonte]

A Associação foi fundada em Genebra em 1932, dois anos depois do esporte ser oficialmente reconhecido pelo Comitê Olímpico Internacional (COI). Foi batizada como Fédération Internationale de Basketball Amateur. Os oito membros fundadores foram a Argentina, Checoslováquia, Grécia, Itália, Letónia, Portugal, Roménia e Suíça. Durante os Jogos Olímpicos de Verão de 1936, em Berlim, A federação nomeou James Naismith(1861-1939) como fundador do basquetebol e seu presidente honorário.

A FIBA organiza seu Campeonato Mundial Masculino desde 1950 e o Campeonato Mundial Feminino desde 1953, acontecendo de quatro em quatro anos, alternando com o ano em que se organiza as Olimpíadas. A partir de 1989, a FIBA passou a permitir a presença de profissionais em suas competições, principalmente as olimpíadas, possibilitando assim que os atletas da NBA pudessem participar dos Jogos. Desse momento em diante a FIBA retirou de seu nome o amateur(o qual caracterizava o cunho amador da federação), porém manteve a abreviação FIBA. Em 1956 a FIBA foi transferida para Munique, voltando para Genebra apenas em 2002. Patrick Baumann é o atual secretário geral da FIBA.[1]

Ranking da FIBA[editar | editar código-fonte]

Ranking Masculino (vinte melhores)[2]
Rank Time Pontos
1 Estados Unidos Estados Unidos 940,0
2 Espanha Espanha 885,0
3 Argentina Argentina 490,0
4 Lituânia Lituânia 432,0
5 Grécia Grécia 376,0
6 Rússia Rússia 353,0
7 Turquia Turquia 294,0
8 França França 280,0
9 Austrália Austrália 234,0
10 Brasil Brasil 222,0
11 Sérvia Sérvia 194,0
12 República Popular da China China 188,9
13 Eslovénia Eslovênia 158,0
14 Alemanha Alemanha 144,0
15 Angola Angola 143,0
16 Croácia Croácia 137,0
17 Porto Rico Porto Rico 115,0
18 Nigéria Nigéria 109,0
19 Nova Zelândia Nova Zelândia 102,0
20 Irão Irã 94,2
Ranking Feminino (vinte melhores)[3]
Rank Time Pontos
1 Estados Unidos Estados Unidos 940,0
2 Austrália Austrália 690,0
3 Rússia Rússia 631,0
4 França França 466,0
5 República Checa República Checa 432,0
6 Espanha Espanha 405,0
7 Brasil Brasil 343,0
8 República Popular da China China 256,0
9 Canadá Canadá 226,2
10 Bielorrússia Bielorússia 209,0
11 Coreia do Sul Coréia do Sul 191,0
12 Argentina Argentina 162,2
13 Turquia Turquia 160,0
14 Cuba Cuba 136,0
15 Lituânia Lituânia 104,0
16 Letónia Látvia 94,0
17 Japão Japão 87,0
18 Mali Mali 81,8
19 Croácia Croácia 73,0
20 Angola Angola 67,0

Referências

  1. Ranking masculino de 2013,Campeonatos Continentais.,Página Visitada em 15 de março de 2014.
  2. Ranking masculino de 2013.,Página Visitada em 15 de março de 2014(em inglês)
  3. Classificação Mulheres em 2013,Campeonatos Continentais,Página Visitada em 15 de março de 2014.
Ícone de esboço Este artigo sobre basquetebol é um esboço relacionado ao Projeto Basquetebol. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.