Feira Grande

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Feira Grande
Bandeira de Feira Grande
Brasão desconhecido
Bandeira Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 25 de Abril
Fundação 1953
Gentílico feira-grandense
Prefeito(a) Veridiano Almir Lira Soares (PMDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Feira Grande
Localização de Feira Grande em Alagoas
Feira Grande está localizado em: Brasil
Feira Grande
Localização de Feira Grande no Brasil
09° 54' 00" S 36° 40' 40" O09° 54' 00" S 36° 40' 40" O
Unidade federativa  Alagoas
Mesorregião Agreste Alagoano IBGE/2008[1]
Microrregião Arapiraca IBGE/2008[1]
Região metropolitana Agreste
Municípios limítrofes Arapiraca, Campo Grande, Lagoa da Canoa, Porto Real do Colégio e São Sebastião
Distância até a capital 136 km
Características geográficas
Área 155,974 km² [2]
População 21 321 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 136,7 hab./km²
Clima Caatinga e Mata Atlântica
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,556 baixo PNUD/2000[4]
PIB R$ 62 671,527 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 2 876,16 IBGE/2008[5]
Página oficial

Feira Grande é um município que fica localizado na região central de Alagoas. Sua população é de 21.953 habitantes e sua área é de 156 km² (140,72 h/km²).

Limita ao norte com o município de Arapiraca, ao sul com o município de Porto Real do Colégio, a leste com o município de São Sebastião, a oeste com o município de Campo Grande e a noroeste com o município de Lagoa da Canoa.

História[editar | editar código-fonte]

Feira Grande (até 1943: Mucambo) figurou como distrito subordinado ao município de Traipu e (a partir de 1947) São Brás. Pela lei nº 1785 foi elevado à categoria de município em 5 de abril de 1954.[6]

O início da povoação do município de Feira Grande deve-se a Francisco José Gonçalves, que ali fixou residência. Atraiu outras famílias, dada a fertilidade do solo.

Com o passar do tempo, a localidade se desenvolveu passando a ser conhecida pelo nome de Mocambo.

Quando da construção do ramal da Rede Ferroviária do Nordeste, Palmeira dosÍndios-Porto Real do Colégio, aumentou a afluência à feira semanal por parte dos operários que trabalhavam no preparo do leiro da referida estrada.

A feira passou a ser uma das maiores que se realizavam nas imediações, razão por que começou a ser chamada de "Feira Grande". Em 1953, foi oficialmente fixado o nome de Feira Grande no lugar de Mocambo.

Formação Administrativa

Distrito criado com denominação de Mucambo, pelo decreto estadual nº 2435, de 30-11-1938, subordinado ao município de Traipu.

Pelo decreto-lei estadual nº 2909, de 30-12-1943, o distrito de Mocambo passou a denominar-se Feira Grande.

Por ato das disposições transitórias deste estado, promulgado à 09-07-1947, o distrito de Feira Grande deixa de pertencer ao município de Traipu para ser anexado ao novo município de São Brás.

No quadro fixado para vigorar em 1944-1948, o distrito de Feira Grande figura no município de São Brás.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1950.

Elevado à categoria de município com a denominação de Feira Grande, pela lei nº 1785, de 05-04-1954, desmembrado de São Brás. Sede no antigo distrito de Feira Grande. Constituído do distrito sede. Instalado em 25-05-1954.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alteração toponímica distrital

Mucambo para Feira grande alterado, pelo decreto-lei estadual nº 2909, de 30-12-1943.

Transferência distrital

Pelo ato das disposições transitórias, promulgado em 09-07-1947, transfere o distrito de Feira Grande do município de Traipu para o de São Brás.

Fonte: IBGE

Tragédia em Feira Grande[editar | editar código-fonte]

Feira Grande ficou conhecida, pela tragédia que aconteceu no dia 8 de dezembro de 2011,centenas de pessoas acompanhava a procissão, cerca das 17:40 um caminhão desgovernado invadiu a procissão passando por cima de dezenas de pessoas, muitas ficaram feridas e 13 pessoas chegaram a falecer, lugar do acidente de que era um lugar que eram realizadas as festa da cidade, hoje esta mais excluído, não existe mais procissão no lugar e nem mais festas, a tragédia ficou conhecida nacionalmente.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 de dezembro de 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 21 de outubro de 2011.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  6. Feira Grande - Histórico (IBGE) (PDF). Biblioteca.ibge.gov.br (2008). Página visitada em 20 de agosto de 2012.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Alagoas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.