Feira do Livro de Porto Alegre

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Feira do Livro de Porto Alegre

A Feira do Livro de Porto Alegre é um dos maiores eventos culturais do sul do Brasil. Ela acontece tradicionalmente entre o final do mês de outubro e o meio de novembro em Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul.

Histórico e Origens[editar | editar código-fonte]

A Feira do Livro de Porto Alegre é uma das mais antigas do País. Sua primeira edição ocorreu em 1955 e seu idealizador foi o jornalista Say Marques, diretor-secretário do Diário de Notícias. Inspirado por uma feira que visitara na Cinelândia no Rio de Janeiro, Marques convenceu livreiros e editores da cidade a participarem do evento.

A Praça da Alfândega era um local muito movimentado na Porto Alegre dos anos 50 e de 400 mil habitantes. A primeira edição, que começou no dia 16 de novembro de 1955, contava com 14 expositores, sendo as bancas criadas pelos carpinteiros da Livraria e Editora Globo.[1]

O objetivo era popularizar o livro, movimentando o mercado e oferecendo descontos atrativos. Na época, as livrarias eram consideradas elitistas. Por esse motivo, o lema dos fundadores da primeira Feira do Livro foi: Se o povo não vem à livraria, vamos levar a livraria ao povo.

Na segunda edição do evento, iniciaram as sessões de autógrafos. Na terceira, passaram a ser vendidas coleções pelo sistema de crediário. Nos anos 70, a Feira assumiu o status de evento popular, com o início da programação cultural. A partir de 1980, foi admitida a venda de livros usados.

Foi nos anos 90 que a Feira ampliou-se, obrigando aos seus visitantes algumas voltas a mais, com um número maior de barracas e usos de novos espaços, incorporando a suas atividades encontros com autores, além dos tradicionais autógrafos. Em 94, algumas alamedas ganham coberturas, pois é histórica a relação da Feira com a chuva. No ano seguinte, 95, passa por uma processo de profissionalização, buscando o apoio decisivo das Leis de incentivo à Cultura e, também, criando um espaço para os novos leitores, crianças, jovens e adultos em fase de alfabetização. A Feira acompanha a transformação e internacionalização da cidade de Porto Alegre, que passa a receber grandes festivais e exposições (como o Porto Alegre em Cena e a Bienal do Mercosul).

No inicio dos anos 2000, a partir de conquistas na área do patrimônio e criação de novos centros culturais no entorno da Praça da Alfândega (como o Santander Cultural, o Centro Cultural CEEE Erico Verissimo, além dos já existentes Margs e Memorial do RS), a programação cultural da Feira do Livro cresce em número de autores participantes e público visitante.

Patronos[editar | editar código-fonte]

A tradição de eleger um patrono para a Feira do Livro começou em sua 11ª Edição, que ocorreu no ano de 1965. A seleção do Patrono da Feira do Livro tem duas fases. Na primeira fase, cada associado da Câmara Rio-Grandense do Livro sugere uma lista de cinco nomes. Na segunda fase, as cinco pessoas que tiveram o maior número de nomeações são submetidas a um segundo pleito em que participam, novamente, os associados da CRL e um grupo de representantes de diversos segmentos da cultura do estado. O mais votado por este colegiado é o Patrono da Feira; em caso de empate, o de maior idade será escolhido.

2006[editar | editar código-fonte]

A 52ª Feira do Livro de Porto Alegre ocorreu[2] entre os dias 27 de outubro a 12 de novembro. A 52ª Feira teve 154 expositores, espalhados[3] pela Praça da Alfândega, Santander Cultural, Memorial do Rio Grande do Sul, Casa de Cultura Mário Quintana e Centro Cultural CEEE Erico Verissimo.

Patrono[editar | editar código-fonte]

O patrono da 52ª Feira do Livro de Porto Alegre foi o escritor pelotense Alcy Cheuiche[3] que escreve sobre a vida no campo e as tradições gauchescas.

País homenageado[editar | editar código-fonte]

O país homenageado foi[2] o Japão, já que se comemoraram os 50 anos da imigração japonesa para o Rio Grande do Sul.[4]

2007[editar | editar código-fonte]

A 53ª Feira do Livro de Porto Alegre ocorre[5] os dias 26 de outubro e 11 de novembro de 2007. Esta edição contém[5] 171 expositores livreiros espalhados[5] pela Praça da Alfândega, Memorial do Rio Grande do Sul, Casa de Cultura Mario Quintana, Santander Cultural, Centro Cultural CEEE Erico Verissimo e Cais do Porto.

Patrono[editar | editar código-fonte]

O patrono da 53ª Feira do Livro de Porto Alegre é o escritor, colunista e ex-vice-governador do Rio Grande do Sul Antônio Carlos Hohlfeldt[6] que escreve livros infanto-juvenis[6] e livros de ensaios.[6]

Feira do Livro de 2007

2008[editar | editar código-fonte]

A 54ª Feira do Livro de Porto Alegre ocorreu[7] entre os dias 31 de outubro e 16 de novembro de 2008, realizada na Praça da Alfândega.

Patrono[editar | editar código-fonte]

O Patrono da 54ª Feira do Livro de Porto Alegre foi Charles Kiefer.

2009[editar | editar código-fonte]

55ª Feira do Livro de Porto Alegre

Patrono[editar | editar código-fonte]

O Patrono da 55ª Feira do Livro de Porto Alegre foi Carlos Urbim.

2010[editar | editar código-fonte]

56ª Feira do Livro de Porto Alegre

Patrono[editar | editar código-fonte]

O Patrono da 56ª Feira do Livro de Porto Alegre é Paixão Côrtes.

Informações adicionais[editar | editar código-fonte]

Galvani, Walter. A Feira da Gente – Feira do Livro de Porto Alegre 50 Anos. Porto Alegre: Câmara Rio-Grandense do Livro, 2004. ISBN 8598891010

Referências

  1. "História." Feira Do Livro - Porto Alegre. Câmara do Livro. 4 Ago. 2006 <http://www.feiradolivro-poa.com.br/feira.aspx>.
  2. a b "Feira do Livro de Porto Alegre." 10 Mar. 2006. Câmara Rio-Grandense do Livro. 5 Ago. 2006 [1]
  3. a b Pinheiro, Márcio. "Alcy Cheuiche é o Eleito." Zero Hora 27 Oct. 2006. 27 Oct. 2006 <http://www.clicrbs.com.br/jornais/zerohora/jsp/default2.jsp?source=a1300554.xml>.
  4. "Imprensa Recebe Novidades Sobre a Feira." Feira do Livro - Porto Alegre. 19 Out. 2006. 27 Out. 2006 <http://www.feiradolivro-poa.com.br/Imprensa.aspx?area=imprensa&modo=detalhe&mid=54>.
  5. a b c "53ª Edição da Feira do Livro de Porto Alegre." Feira do Livro - Porto Alegre. 27 Out. 2007 [2].
  6. a b c "Antonio Hohlfeldt é o patrono." Blog. 25 Set. 2007. Câmara do Livro. 27 Out. 2007 [3].
  7. "Feira do Livro de Porto Alegre começa a tomar forma." clicRBS - Feira do Livro. 07 Out. 2008. 19 Out. 2008 .

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Edições da Feira do Livro de Porto Alegre
1ª - 1955 | 2ª - 1956 | 3ª - 1957 | 4ª - 1958 | 5ª - 1959 | 6ª - 1960 | 7ª - 1961 | 8ª - 1962 | 9ª - 1963 | 10ª - 1964 | 11ª - 1965 | 12ª - 1966 | 13ª - 1967 | 14ª - 1968 | 15ª - 1969 | 16ª - 1970 | 17ª - 1971 | 18ª - 1972 | 19ª - 1973 | 20ª - 1974 | 21ª - 1975 | 22ª - 1976 | 23ª - 1977 | 24ª - 1978 | 25ª - 1979 | 26ª - 1980 | 27ª - 1981 | 28ª - 1982 | 29ª - 1983 | 30ª - 1984 | 31ª - 1985 | 32ª - 1986 | 33ª - 1987 | 34ª - 1988 | 35ª - 1989 | 36ª - 1990 | 37ª - 1991 | 38ª - 1992 | 39ª - 1993 | 40ª - 1994 | 41ª - 1995 | 42ª - 1996 | 43ª - 1997 | 44ª - 1998 | 45ª - 1999 | 46ª - 2000 | 47ª - 2001 | 48ª - 2002 | 49ª - 2003 | 50ª - 2004 | 51ª - 2005 | 52ª - 2006 | 53ª - 2007 | 54ª - 2008 | 55ª - 2009 | 56ª - 2010 | 57ª - 2011 | 58ª - 2012
Eventos culturais de Porto Alegre
Acampamento Farroupilha | Bienal B | Bienal do Mercosul | Feira do Livro | Festival de Cinema Fantástico de Porto Alegre |
Festival de Música | Porto Alegre em Cena | Porto Verão Alegre