Feliciano Amaral

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes fiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde setembro de 2011) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes fiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes fiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Feliciano Amaral
Informação geral
Também conhecido(a) como O Rouxinol do Sertão
Nascimento 20 de outubro de 1920 (93 anos)
Origem Miradouro, MG
País  Brasil
Gênero(s) Música Sacra Cristã
Instrumento(s) Voz
Período em atividade 1948 - atualmente

Feliciano Amaral (Miradouro, 20 de outubro de 1920) é um pastor batista e cantor de música sacra cristã.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Feliciano Amaral nasceu na Cidade de Miradouro no estado de Minas Gerais.Filho de Júlio Augusto do Amaral e de Palmira Maria da Conceição, foi músico, sapateiro e cantor popular. Foi batizado em 7 de março de 1943, na Igreja Batista de Muriaé.

Já na cidade do Rio de Janeiro, estudou Teologia no Seminário Teológico Betel. Pastoreou várias igrejas inclusive a Primeira Igreja Batista da Pavuna, onde foi seminarista. Em 1947 casou-se com Elza Rocha do Amaral.

Começou as atividades como cantor evangélico em 1948[1] , com a gravação do 1º disco de 78 rpm do catálogo da gravadora Atlas, ligada à Convenção Batista Brasileira. Este é um dos primeiros registros sonoros de música evangélica do País, mesmo sendo antecedido de outras produções.

Em 1953 foi organizada a Primeira Igreja Batista de Croslandia com membros oriundos da Primeira Igreja Batista de Montes Claros-MG, O pastor Feliciano do Amaral e sua esposa Elza Rocha do Amaral desenvolveu um ministério abençoado até 1967 quando retornou a Belo Horizonte. a Primeira Igreja Batista de Coslandia foi a base para organizar outras igrejas na região. Reformada em 2008 pelo Pr. Cláudio Pereira da Costa com recursos do patrimônio histórico continua sendo um templo de grande beleza arquitetônica. Pastor Feliciano do Amaral e Dona Elza Rocha do Amaral até hoje ainda são lembrados pelo admirável trabalho que fizeram por Cristália e região.

Feliciano Amaral também está no Guiness Book como o cantor evangélico que está há mais tempo em atividade no mundo. No meio evangélico, depois de Feliciano Amaral atuando como cantores vieram Luiz de Carvalho (gravando o 1º LP evangélico em 1958, intitulado "Musical Boas Novas"), Edgar Martins (in memorian), Josué Barbosa Lira (in memorian),Victorino Silva, dentre muitos outros pioneiros da música evangélica desta época.

Feliciano Amaral interpretou canções como: "Oração de Davi", "Céu aberto", "O mar", "Ao meu Redor", "O Rosto de Cristo", "Rio Profundo", "Sou Filho do Rei", "O Jardim de Oração", entre outras.

Em 2003 Feliciano Amaral recebeu um reconhecimento público, quando completou 83 anos, uma Moção de Aplausos e Congratulações da Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). A homenagem foi requisitada pelo deputado Aurélio Marques, como reconhecimento pela dedicação de Feliciano Amaral à obra de Deus e á música cristã.[2]

Em 2007, o cantor gravou o primeiro DVD ao vivo de sua carreira, em Recife, na Igreja Missionária Canaã do pr. Geziel Gomes.

Em 2010, foi agraciado com a Medalha do Mérito Pedro Ernesto, a maior comenda da Cidade do Rio de Janeiro pelo transcurso de seus 90 anos, foi uma lida homenagem com a presença de mais de 500 pessoas em solenidade coordenada pelo Pastor Marcos Rodrigues Martins.

Atualmente reside em Recife sendo membro da Igreja Batista da Capunga, pertencente a Convenção Batista Brasileira.

Discografia[editar | editar código-fonte]

Gravações em 78rpm - Gravadora Atlas

  • Mensagem Real / Vem a Cristo (1948)
  • Jesus me Guia (Abdinar Cunha Chagas) / Livro da Vida
  • Noite de Paz / Nada Falta - Quarteto com Ruy Brasileiro, Paulo Brasileiro e James Musgrave (1949)
  • Santo Lugar / Muito Cedo de Manhã (Alayde Andrade)
  • Cristo Valerá / Das Trevas
  • Amor Glorioso / Graça Admirável
  • Ouve-nos, Pastor Divino / Bendita Hora de Oração
  • Meia Noite, Cristãos / O Primeiro Natal
  • Vozes Angelicais / O Mar
  • Dia Festivo / Vinde, Meninos
  • Auxilia-me, Senhor / Última Hora (Dueto com Edna Harrington)
  • O Olhar de Jesus / Vinde, Marchai
  • Eu hei de chegar / Eu vi a Luz (poemas musicados de Gioia Jr.)
  • Seguirei ao meu bom mestre / Foi na Cruz (1957)
  • Não me falaram de Cristo / Ide meu filho procurar (1957)
  • Jesus é a Luz do Mundo / Deixa a Luz do Céu Entrar (1957)
  • Minha Pátria para Cristo / Coro Santo (1957)
  • Brilho Celeste / Glória para Mim (1957)
  • Deus me Guiará / Deus vos Guarde (1957)

Gravações em 78 rpm - Favoritos Evangélicos

  • Banquete de Belshazzar / Pudesse contar toda Glória
  • O segredo do Viver / Em Fervente Oração
  • Eu vou cantar no Céu / Getsêmane
  • Jesus me Salvou / A Bela Terra
  • Está Aqui / Os Guerreiros se Preparam
  • Sob as Estrelas / Na Manjedoura

Gravações em Compactos

  • O Amor de Deus
  • Mãe Querida
  • Face a Face
  • Rei Excelso
  • Na Manjedoura (Músicas de Natal)
  • Talvez uns Cantem...

Gravações em LP - Atlas

  • Feliciano Amaral e Conjunto Atlas

Gravações em LP - Favoritos

  • À Sombra da Cruz (1961)
  • Fica Conosco, Senhor (1961)
  • O Mar é criação do Senhor (1962)
  • Rio Profundo (1963)
  • Confia em Deus, O Filho Pródigo e Sonda-me, ó Deus - Coletâneas com os melhores discos 78rpm
  • Saudade - Homenagem: coletânea com hinos do Cantor Cristão de autoria de Manuel Avelino de Souza
  • À Luz do seu Amor (1964)
  • Cristo, A Única Esperança (1965, campanha de Billy Graham no Brasil)
  • Que Maravilha! (1967)
  • 20 anos de Bençãos á sombra da Cruz (1968)
  • Dá-me tua mão, Pai
  • De Valor em Valor
  • O Eterno Fanal (1973)
  • Sou de Jesus
  • O Amor de Deus
  • A Imagem de Deus (1976)
  • Grande é o Senhor

  • Jesus Companheiro (Som Evangélico)

Gravações Independentes

  • Céu Aberto (1978)
  • Deus Proverá - com músicas do hinário Salmos e Hinos (1980)
  • Oração De Davi (1981)
  • Sou Feliz (1982)
  • Desejo Ver Meu Rei (1983)
  • Feliciano interpreta a Harpa Cristã (1980)
  • Ao Entardecer
  • Da Manjedoura ao Madeiro (1986)
  • 40 anos de Bençãos á sombra da Cruz (1992)

CDs

  • Lindo Céu
  • Quisera sempre orar
  • O Bom Pastor (2003)
  • Paz no Vale
  • Dá-me Amor (Especial 60 Anos de Gravação)
  • Especial 90 Anos - Jardim de Oração (2010)
  • Relançamento - Dá-me Tua Mão, Pai (2013)
  • Relançamento - Feliciano Amaral e Conjunto Atlas (2013)

Referências

  1. ver página 60 da Tese "NA ‘PISTA’ DA FÉ: música, festa e outros encontros culturais entre os evangélicos do Rio de Janeiro", de Márcia Leitão Pinheiro: [1]
  2. EFRATA MUSIC: Matéria sobre Feliciano Amaral na atualidade

Ligações externas[editar | editar código-fonte]