Femonoe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto.
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Femonoe (ou Femonoê, ou Femonoé; do grego Φημονόη), na mitologia grega, é a filha do deus Apolo.[1]

Segundo Pausânias, ela foi a primeira pitonisa do templo dedicado a Apolo em Delfos, bem como a criadora do hexâmetro - um tipo de metro poético -, devido ao fato de as respostas do oráculo serem dadas nessa configuração[2] .

Algumas fontes atribuem a Fenomoe a frase "Conhece-te a ti mesmo" (γνῶθι σ'αυτόν ou γνῶθι σεαυτόν), inscrição localizada na entrada do templo de Apolo em Delfos e imortalizada na fala de Sócrates, de acordo como nos é mostrado nos diálogos de Platão, mas esse viés permanece inconclusivo.

Veja também[editar | editar código-fonte]

Referências