Fera B'Wana

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fera B'Wana
Placeholder male superhero c.png

Dados da publicação
Publicado por DC Comics
Primeira aparição Showcase #66 (Fevereiro de 1967)
Criado por Bob Haney
Mike Sekowsky
Características do personagem
Alter ego Mike Maxwell
Habilidades Controle mental.
Pode fundir dois ou no máximo quatro animais numa quimera.
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

Fera Bwana é um personagem fictício da DC Comics, criado por Bob Haney e Mike Sekowsky. Sua primeira aparição se deu na revista Showcase #66, em fevereiro de 1967.

Publicação[editar | editar código-fonte]

O personagem aparecia apenas nas edições 66 e 67 da revista Showcase. Após essas duas histórias, ele só retornaria numa aparição não-canônica na revista DC Challenge, na qual ele e Djuba enfrentariam Congo Bill. Pouco depois, ele faria uma pequena participação na minissérie Crisis on Infinite Earths, publicada em 1985. Em 1987, ele apareceu no título Swamp Thing Annual #3. No ano seguinte, ele apareceria em Animal Man #1, 3, 4 e 13, todas escritas por Grant Morrison.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Em sua encarnação mais conhecida, seu nome é Mike Maxwell. Maxwell possui um capacete e um elixir que lhe conferem seus poderes, que são o controle da mente e a habilidade de fundir dois animais vivos para criar uma poderosa entidade sob controle do Fera B'wana.

Com a ajuda de seu companheiro gorila, Djuba, em um esconderijo secreto no topo do Monte Kilimanjaro, Mike Maxwell bebe seu elixir e veste o capacete para se transformar no Fera B'wana. Na edição de origem, ele luta contra Hamid Ali, "Aquele que nunca morre."

No primeiro arco de história da revista Animal Man, escrita por Grant Morrison, Fera B'wana viaja para a América para resgatar Djuba, que foi capturado por cientistas e infectadas com uma forma experimental de antraz. Ele não consegue salvar Djuba, sendo ele mesmo infectado com a doença, mas ele está curado pelo Homem-Animal, que imita os poderes do Fera B'wana, a fim de unir suas células brancas do sangue em formas capazes de lutar contra a doença.

Em Animal Man # 13 (Julho 1989), também escrito por Grant Morrison, Maxwell decide se aposentar e realiza uma cerimônia para encontrar um sucessor. Ele passa o capacete e o elixir para um ativista sul-africano chamado Dominic Mndawe, que assume o nome de Fera da Liberdade.

Mike Maxwell retorna na edição #47 de Animal Man (Maio de 1992), possuído e corrompido pela força destrutiva chamada Antagon transformou-se no vilão Shining Man. Na batalha que se seguiu, Maxwell é morto.

Poderes[editar | editar código-fonte]

Fera B'wana tem a capacidade de se comunicar com animais.

Ele também tem a capacidade de mesclar dois animais para formar uma quimera ou, como ele mesmo descreve, mesclar o melhor de dois seres diferentes para criar uma força indestrutível. Ele pode juntar até quatro seres, incluindo humanos, mas isso requer grande concentração. Ele também pode desfazer a mesclagem em caso de necessidade.

Ícone de esboço Este artigo sobre Banda desenhada da DC Comics é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.