Fernando Giudicelli

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Fernando Guidicelli)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Fernando Rubens Pasi Giudicelli, conhecido como Fernando (1 de março de 1906, no Rio de Janeiro28 de dezembro de 1968, no Rio de Janeiro) foi um jogador de futebol brasileiro.

Mundial 1930: Em pé: Brilhante, Fernando Giudicelli, Hermógenes, Nilo, Carvalho Leite, Itália, Fausto dos Santos, Santana; ajoelhados: Teóphilo, Benevenuto, Benedito, Velloso, Doca, Russinho, Preguinho.

No inicio da sua carreira o talentoso meia de origem italiana defendeu 1924-26 America FC-RJ e 1927-30 Fluminense FC.

Na Copa do Mundo de 1930 estreia na seleção brasileira e jogou nas duas partidas, perder contra Iugoslávia 1X2 e derrotando Bolívia 4x0. No augusto do mesmo ano jogou um vez mais pela Seleção derrotando Iugoslávia 4x1 no Rio de Janeiro.

Depois defendeu 1930-33 Torino FC na Itália e 1934-35 Girondins de Bordeaux de França. Em 1935 jogou em um amistoso e um joga da liga pelo Sporting Clube de Portugal de Lisboa. No segundo jogo foi expulsado por razão de discutir com o arbitro. No SCP foi, ao lado de goleiro Jaguaré Bezerra de Vasconcelos e o zagueiro Marins de Araújo Viana "Vianinha", o primeiro brasileiro da história do clube. No mesmo ano também foi o primeiro brasileiro no Real Madrid onde jogou só um vez em uma partida da liga espanhol. Depois um fracasso com Francisco Bru, o técnico do Real, foi suspendido.

Em janeiro de 1936 viajou para a França e foram especulações de Fernando Giudicelli reunir-se com o Olympique Lillois ou Antibes.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências