Ferrocarril Domingo Faustino Sarmiento

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa do Ferrocarril Domingo F. Sarmiento.

O Ferrocarril Domingo Faustino Sarmiento (FCDFS), de bitola 1,676m , é uma das seis ferrovias que compõe a rede ferroviária argentina. Foi batizada Domingo Faustino Sarmiento em homenagem ao escritor, professor e presidente da Argentina.

Parte da estação Once de Septiembre, no centro de Buenos Aires e se dirige ao oeste do país atravessando as províncias de Buenos Aires, La Pampa, Córdoba, San Luis e a Mendoza.

História[editar | editar código-fonte]

Foi criada em 13 de fevereiro de 1947 após o governo argentino nacionalizar o Ferrocarril Oeste de Buenos Aires (FCO) , sendo administrada pela recém criada Empresa de Ferrocarriles del Estado Argentino (EFEA), logo rebatizada Ferrocarriles Argentinos.

Em suas linhas corriam trens de passageiros urbanos (na área metropolitana de Buenos Aires), interurbanos entrea capital e localidades isoladas e de longa distância, ligando as cinco províncias atravessadas por essa ferrovia. Os trens de carga em sua maioria transportavam a produção agropecuária da região oeste da Argentina.

Com o fim dos Ferrocarriles Argentinos em meados da década de 1990, muitos serviços ferroviários foram cancelados e boa parte das linhas foi desativada. Parte dos ramais de carga foram concedidos a empresa América Latina Logística enquanto outros foram arrendados ao Ferroexpreso Pampeano.

Parte do serviço de passageiros interurbano é operado pela estatal Ferrobaires. Os serviços de trens metropolitanos foram cedidos temporariamente a estatal FEMESA que concedeu sua exploração comercial em 1994 a empresa Trenes de Buenos Aires (TBA),empresa que também operou o serviço metropolitano no Ferrocarril General Bartolomé Mitre, e que está envolvida em controversias pela qualidade do serviço prestado. O Ferrocarril Sarmiento é o que mais transporta passageiros na região de Buenos Aires, perdendo apenas para o Ferrocarril General Roca.

Por conta do acidente ferroviário de Once, a empresa Trenes de Buenos Aires teve sua concessão revogada pelo governo argentino (através do decreto 793/12) sendo que as linhas Mitre e Sarimento seriam repassadas para a UGOFE. Além disso, a Trenes de Buenos Aires se retirou do consórcio UGOFE. [1]

Serviço Metropolitano[editar | editar código-fonte]

Servicios Metropolitanos Eléctricos
Unknown route-map component "tSTR"
Túnel a Puerto Madero
Unknown route-map component "tSTR" Head station
Once
Track turning left Junction from right
Station on track
Caballito
Station on track
Flores
Station on track
Floresta
Unknown route-map component "AKRZu"
Autopista Perito Moreno
Station on track
Villa Luro
Station on track
Liniers
Unknown route-map component "AKRZu"
Av. Gral. Paz
Station on track
Ramos Mejía
Junction from left
Ramal no elect. a Marmol (FCDF)
Station on track
Haedo
Station on track
Morón
Station on track
Castelar
Station on track
Ituzaingó
Station on track
San A. de Padua
Station on track
Merlo
Junction to left
Ramal no elect. a Lobos
Bridge over water
Río Reconquista
Station on track
Paso del Rey
Station on track
Moreno
Straight track
a Luján y Mercedes (no elect)

Once-Moreno[editar | editar código-fonte]

Essa é uma das linhas que mais transporta passageiros. Com 300 viagens durante os dia úteis, 106 aos sábados e 72 aos domingos e feriados. O serviço conta com trens expressos desde Once passando pelas estações Flores, Liniers, Morón e parador (que percorre todas as estações). Além disso conta com serviços locais desde a estação Castelar até Once.

Suas estações são:

  • Once
  • Caballito
  • Flores
  • Floresta
  • Villa Luro
  • Liniers
  • Ciudadela
  • Ramos Mejía
  • Haedo
  • Morón
  • Castelar
  • Ituzaingó
  • San Antonio de Padua
  • Merlo
  • Paso del Rey
  • Moreno

Moreno-Mercedes[editar | editar código-fonte]

São efetuados 28 viagens diárias entre as cidades de Moreno, Luján e Mercedes.

Estações:

  • Moreno
  • La Reja
  • Francisco Álvarez
  • Ingeniero Pablo Marín
  • Las Malvinas
  • General Rodríguez
  • La Fraternidad
  • Lezica y Torrezuri
  • Universidad de Luján
  • Luján
  • Jáuregui
  • Olivera
  • Gowland
  • Mercedes

Merlo-Lobos[editar | editar código-fonte]

Estações:

  • Merlo
  • Km. 34,5
  • Agustín Ferrari
  • Mariano Acosta
  • Marcos Paz
  • Zamudio
  • General Hornos
  • General Las Heras
  • Speratti
  • Zapiola
  • Empalme Lobos
  • Lobos

Serviço Interurbano[editar | editar código-fonte]

Estação Los Toldos em Los Toldos utilizada pelo serviço interurbano de Ferrobaires.

Existen serviços interurbanos operados pela empresa estatal Ferrobaires correndo . .

Once-Bragado/Casares/Pehuajó[editar | editar código-fonte]

Dois serviços de tren diário (ida e volta) tracionados por locmotivas diesel desde a estação Once até a cidade de Bragado. Quatro trens semanais partem da estação Once até as cidades de Carlos Casares e Pehuajó.

Estações:

  • Once
  • Haedo
  • Luján
  • Mercedes
  • García
  • Suipacha
  • Gorostiaga
  • Chivilcoy
  • Benítez
  • Mechita
  • Bragado
  • Olascoaga
  • Dennehy
  • 9 de Julio
  • Carlos Casares
  • San Bernardo
  • Pehuajó

Once-Bragado/Lincoln[editar | editar código-fonte]

Dois trens semanais partem da estação Once até a cidade de Lincoln.

  • Once
  • Haedo
  • Luján
  • Mercedes
  • García
  • Suipacha
  • Gorostiaga
  • Chivilcoy
  • Benítez
  • Mechita
  • Bragado
  • Fernandez
  • San Emilio
  • Los Toldos
  • Delfina
  • Bayauca
  • Lincoln

Referências

  1. La Voz (23 de maio de 2012). Tres meses después de la tragedia de Once, el Gobierno le quita la concesión a TBA. Visitado em 25 de maio de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre transporte ferroviário é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.