Festa do Avante!

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Festa do Avante!
Cartaz de referência à Festa do Avante
Período de a(c)tividade 1976 - presente
Número de edições 34 (2011)
Fundador(es) PCP
Local(is) Vários até 1989, Quinta da Atalaia a partir de 1990
Data(s) Primeira Sexta, Sábado e Domingo de Setembro de cada ano
Gênero(s) Cultura, gastronomia, géneros musicais variados
Página oficial http://www.festadoavante.pcp.pt/
Lago artificial.

A Festa do Avante! é uma festa cultural e de música com a duração de 3 dias, realizada pelo Partido Comunista Português. É o maior evento político-cultural realizado em Portugal.[1] É realizada na Quinta da Atalaia, freguesia da Amora, concelho do Seixal, perto da Baía do Seixal. É construída todos os anos com trabalho voluntário de cerca de 12 mil pessoas, entre militantes e amigos, e onde são contabilizadas cerca de 20 mil horas de trabalho a erguer, decorar e equipar cerca de 22 mil metros quadrados de área. Embora realizada pelo PCP, é aberta a todos, independentemente da ideologia política.

Todos os anos, os visitantes podem assistir a peças de teatro, ranchos folclóricos, grupos corais, dança e concertos de vários géneros musicais (incluindo música clássica) nos vários palcos, por onde passam dezenas de grupos de artistas. Realizam-se variados debates políticos com a participação de vários dirigentes do PCP e a feira do livro, do disco, do artesanato entre vários outros programas desportivos e culturais.

História[editar | editar código-fonte]

A Festa do Avante foi realizada pela primeira vez em 1976, na antiga FIL, na sequência do 25 de Abril.[2] Desde 1976, a Festa passou por 5 locais distintos.[2] Entre 1977 e 1978, foi realizada no Jamor.[2] Entre 1979 e 1986 ficou no Alto da Ajuda, em Monsanto.[2] Problemas com as autarquias levaram à não realização da edição de 1987. Esta constante mudança levou ao início de uma campanha de angariação de fundos para financiar a compra da Quinta da Atalaia, na Amora. Esta custou, na altura, 60 mil contos. Entretanto, entre 1988 e 1989, foi realizada em Loures.[2] A partir de 1990, com a Quinta da Atalaia já comprada, passou a ser aí realizada.[2] A música mais conhecida da Festa é a Carvalhesa.[3]

Cronologia dos locais[editar | editar código-fonte]

Vista geral do recinto na Festa do Avante.

Artistas[editar | editar código-fonte]

Na Festa do Avante! já passaram, ao longo dos anos, centenas de artistas.

Recinto[editar | editar código-fonte]

O recinto da festa localiza-se na Quinta da Atalaia, na Amora.

Entradas[editar | editar código-fonte]

Existe uma entrada na Cruz de Pau, chamada Quinta da Princesa, e uma na Medideira.

Pavilhões[editar | editar código-fonte]

A Festa tem um pavilhão para cada distrito de Portugal, cada um com a gastronomia, artigos regionais e artesanato dessa região. Também existem pavilhões dedicados a emigrantes e imigrantes, um Pavilhão da Mulher, um Pavilhão da Ciência e um Espaço Criança. Existe um Pavilhão Central onde se localizam diversos espaços, como o Auditório de Debates, a Loja da Festa, um Espaço de TIC, com computadores, etc. Para a JCP, existe um pavilhão denominado Cidade da Juventude. Comida típica e artigos estrangeiros podem ser encontrados no Espaço Internacional, cujas delegações de outros países estão a cargo dos respectivos Partidos Comunistas ou outras organizações progressistas.

Palco 25 de Abril.

Palcos[editar | editar código-fonte]

Existem diversos palcos onde os artistas podem actuar na Festa do Avante!.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um evento é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.