Festas de São Firmino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Imagem do ambiente festivo das Sanfermines. Calle de San Nicolás, próxima da Praça do Castelo.

As Festas de São Firmino (em espanhol: Fiestas de San Fermín ou, mais popularmente e de forma praticamente oficial, Sanfermines; em basco: Sanferminak) são as festas em honra a São Firmino, um santo natural da cidade, co-padroeiro de Navarra e padroeiro da diocese da cidade, que se celebram anualmente na cidade espanhola de Pamplona (em basco: Iruña).

Os festejos começam dia 6 de julho, às 12 horas, com o chupinazo (lançamento de foguete) da sacada do Palácio Consistorial (sede do governo municipal), e terminam à meia-noite de 14 de julho com a canção de despedida Pobre de mí.

Uma das actividades mais famosas das Festas de São Fermin é o encierro, que consiste numa corrida de touros, de 800 metros, por três ruas do centro histórico de Pamplona, que culmina na praça de touros da cidade. Os encierros realizam-se todos os dias entre 7 e 14 de julho às 8 horas da manhã e normalmente duram três a quatro minutos.

Desde 1922, 20 pessoas morreram na libertação dos touros pelas ruas. O último caso foi em 2009[1] .

A festa tem uma origem antiga, de séculos, mas a sua fama mundial é um fenômeno relativamente recente. O escritor estado-unidense Ernest Hemingway foi um dos que mais contribuíram para propagar essa fama com seu livro The Sun Also Rises (em português: "O Sol Também se Levanta" ou "Fiesta" em edições portuguesas mais antigas).

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]