Festival de Música de Santa Catarina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Festival de Música de Santa Catarina (conhecido como Femusc) é o maior festival-escola não competitivo do Brasil[1] , realizado anualmente na cidade de Jaraguá do Sul. Reúne músicos profissionais e estudantes, que dividem a sala de aula em formações específicas para instrumentos musicais, regência, bandas e outras combinações, e compartilham o palco em grandes apresentações abertas ao público [2] , com entrada franca. Ao longo da programação, que costuma contar com duas semanas ininterruptas, o público é convidado a interagir com os músicos [3] , provindos de mais de 15 países [4] , seja durante as apresentações [5] , que transcendem os teatros e casas especializadas e chegam a igrejas, escolas e entidades comunitárias em toda a região de Jaraguá do Sul, seja ao longo dos dias de convivência, em que os músicos circulam pela cidade e conhecem as atrações turísticas do Vale do Itapocu.

Apresentação[editar | editar código-fonte]

Durante os 14 dias de festival, ocorrem em média mais de 200 apresentações abertas ao público [6] , mesclando concertos de alto nível artístico internacional e apresentações acessíveis a públicos pouco habituados com a linguagem da música erudita. Permeando todo o evento, um forte espírito de empenho social regula as atividades. Por isso, o Femusc visa a atrair os mais talentosos e dedicados estudantes da música, independentemente de sua condição social ou nível de aprendizado musical. Entre os alunos do Femusc estão profissionais atuando nas melhores orquestras do país, jovens iniciantes e amadores provenientes de cidades do interior onde o ensino musical é limitado, assim como jovens músicos provenientes de outros países. Os objetivos do Femusc são os seguintes:

  • Auxiliar no incremento de qualidade da produção cultural no estado de Santa Catarina, através de ações de ensino/formação/educação. Uma ação de médio/longo prazo na formação de novos músicos e intensificação do interesse de jovens em atividades culturais;
  • Manter o alto nível de professores e alunos proporcionando o melhor aprendizado;
  • Levar atividades culturais a todas camadas da população, através de concertos sociais e de uma grande oferta de concertos gratuitos ou a preços subsidiados;
  • Criar valor para a região e Estado de Santa Catarina, fomentando o turismo especializado e promovendo o reconhecimento cultural para o estado, a região e a cidade sede (apreciação da “marca” Santa Catarina);
  • Criação de valor para parceiros do evento através de ampla divulgação na mídia geral e especializada.

Edição 2012[editar | editar código-fonte]

A edição de 2012 do Femusc será realizada entre os dias 22 de janeiro e 4 de fevereiro [7] , com as principais apresentações nos palcos da Sociedade Cultural Artística [8] . Serão seis programas principais:

  • ProMusc (Conferência Internacional de Profissionais de Música de Concerto): programa oferecido exclusivamente a músicos profissionais [9] , com classes instrumentais facultativas, desde apresentações orquestrais a grupos de música de câmara, junto a professores do Femusc. Os participantes são selecionados por ordem de chegada de inscrições, assim como a qualidade de sua experiência.
  • Avançado: programa comum, comparado a outros festivais do gênero. Os participantes são selecionados mediante avaliação do conteúdo de suas inscrições [10] , considerando-se gravação, carta de recomendação e biografia. A agenda dos alunos inclui três horas de classes instrumentais diárias, orquestra, música de câmara e Projetos Especiais, criados para concentrar a atenção do aluno em um elemento específico de seu crescimento artístico.
  • Intermediário: vagas oferecidas a alunos sem que sua experiência prévia seja levada em consideração. Ou seja, pode ser um iniciante. Inscrições são aceitas estritamente com base na ordem de chegada das inscrições [11] . Não importa a qualidade da gravação, carta de recomendação, ou biografia. Essa categoria visa a inclusão de estudantes de música que crescem longe dos grandes centros, com poucas oportunidades de participar de um evento do porte do Femusc. No programa, há a oportunidade de participação lado a lado com colegas do programa Avançado. A agenda inclui três horas de aulas instrumentais de manhã e repertório de orquestra e música de câmara amenizados, deixando tempo para estudo individual e absorção do clima do festival [12] .
  • Quartetos de cordas: único do gênero no Brasil. Participantes atendem classes instrumentais de manhã, e cada grupo recebe sua própria sala para cinco horas de trabalho exclusivo em música de câmara no período da tarde. Não participam de orquestras, e seu tempo é inteiramente dedicado ao desenvolvimento do grupo.
  • Regência orquestral: oferece experiência a jovens estudantes deste ramo, por meio da prática e do contato com especialistas.
  • Regência de banda sinfônica: ênfase em técnicas de ensaio, preparação de repertório, trabalho prático com instrumentistas de banda e assistência ao professor e maestro em ensaios e concertos.

Eventos paralelos[editar | editar código-fonte]

  • Encontro Catarinense de Bandas: entre 27 e 29 de janeiro, visa a difundir o patrimônio cultural musical e a manutenção das tradições das bandas de música de Santa Catarina, por meio da troca de experiências entre músicos, aprimoramento técnico e estudo de repertório [13] .
  • Conferência Internacional de Harpas: entre 20 a 23 de janeiro, é aberto a todos os harpistas e interessados pelo instrumento, independentemente de experiência. O Encontro Nacional de Harpas visa reunir em Jaraguá do Sul os mais importantes representantes e intérpretes, oferecendo palestras e recitais de modo a estimular maior intercâmbio entre harpistas e amantes da harpa. Paralelamente à conferência, ocorre o 2º Concurso Latino-Americano de Harpa de Santa Catarina (II Conharpa), voltado exclusivamente aos harpistas de países latino-americanos.

Programas para a Comunidade[editar | editar código-fonte]

  • Femusckinho: colônia de férias musical, para as crianças de Jaraguá do Sul, entre 5 e 13 anos – mesmo aquelas sem experiência ou conhecimento musical. São classes de flauta-doce, coral e instrumentos de corda, além de gincanas e apresentação das crianças no concerto de encerramento do Femusc [14] .
  • Outros eventos: voltados tanto à comunidade quanto aos participantes do festival, os eventos complementam a programação e permitem uma intensa interação com a comunidade [15] , seja na série Grandes Concertos, que encerra todas as noites de festival, no Grande Teatro da Scar; na série Momento Springmann, apresentada no pequeno teatro, com os profissionais do ProMusc, de maneira experimental; na série Musicalmente Falando, que conta com breves palestras de contextualização das obras e dos autores; nos Concertos Sociais, realizados em locais públicos e comunitários [16] ; ou nos Concertos para as Famílias e Zoológico Musical, concerto lúdico-interativo em que diversos instrumentos são dispostos na plateia e palco, em espaços específicos para cada bicho (como animais em um zoológico), para que as crianças caminhem até o som que lhes interessa e tenha a oportunidade de experimentá-los.


Referências

  1. EDM Logos. Femusc nos embalos da mídia nacional edmlogos.com.br. Visitado em 2 de Dezembro de 2011.
  2. Porto Cultura. 6º Festival de Música de Santa Catarina – Femusc portocultura.com.br. Visitado em 5 de Dezembro de 2011.
  3. Acontecendo Aqui. Femusc 2011 – Festival de Música de Santa Catarina, reúne em três semanas atividades ininterruptas acontecendoaqui.com.br. Visitado em 5 de Dezembro de 2011.
  4. Flautistico. Vacantes para el Festival de Música de Santa Catarina flautistico.com. Visitado em 5 de Dezembro de 2011.
  5. Porto Cultura. Teatro lotado no penúltimo dia do Femusc portocultura.com.br. Visitado em 5 de Dezembro de 2011.
  6. Franklin Silva - O Diário Maringá. 6º Festival de Música odiario.com. Visitado em 5 de Dezembro de 2011.
  7. O Correio do Povo. Femusc: menos de uma semana para entrar na disputa em Jaraguá do Sul ocorreiodopovo.com.br. Visitado em 5 de Dezembro de 2011.
  8. A Notícia. Femusc 2012 vai valorizar obras contemporâneas em Jaraguá do Sul clickrbs.com.br. Visitado em 2 de Dezembro de 2011.
  9. O Barriga Verde. Femusc abre portas para o aprimoramento de oboístas adjorisc.com.br. Visitado em 5 de Dezembro de 2011.
  10. Diário do Vale. FEMUSC entra na fase decisiva para edição 2012 jornaldiariodovale.com.br. Visitado em 2 de Dezembro de 2011.
  11. Por acaso. Femusc 2012 abre inscrições neste mês poracaso.com. Visitado em 2 de Dezembro de 2011.
  12. A Notícia. Qualquer lugar serve para tocar no Femusc an.com.br. Visitado em 5 de Dezembro de 2011.
  13. A Notícia. Megabanda no Femusc 2011 an.com.br. Visitado em 5 de Dezembro de 2011.
  14. FolhaBlu. Definida programação de encerramento do Femusc 2011 folhablu.com.br. Visitado em 2 de Dezembro de 2011.
  15. Scar. FEMUSC dá largada para edição 2012 scar.art.br. Visitado em 2 de Dezembro de 2011.
  16. Museu Weg. Museu WEG é Palco oficial do FEMUSC weg.net. Visitado em 5 de Dezembro de 2011.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]