Filhos do Exílio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Filhos do Exílio ou, em inglês, Brightness Reef, é um livro de ficção científica de David Brin, publicado em 1996.[1] Este livro é o quarto passado no Universo Uplift[1] (precedido por The Uplift War,[1] seguido por Infinity's Shore).

A história se passa no planeta Jijo, que, pelas regras do Instituto de Navegação, deveria ser deixado abandonado, para que seu ecossistema se recuperasse.[1] No entanto, ao longo dos séculos, sete raças diferentes vieram se refugiar, ilegalmente, neste planeta, cada uma com o seu motivo: g'Keks, traekis, Glavers, Qheuens, Hoons, Urs e Humanos.[1] [Nota 1] A civilização que elas construíram deve enfrentar um grande desafio, quando uma nave, vinda da Civilização das Cinco Galáxias, desce no planeta.[1]

Notas e referências

Notas

  1. No review da livraria Barnes & Noble, são mencionadas apenas seis raças; o erro de interpretação se deve a que, no momento da história, a terceira raça que chegou, os Glavers, já haviam "involuído" para um estado de pré-sapiência. O objetivo das demais raças, não humanas, era também "involuir" para a pré-sapiência.

Referências

  1. a b c d e f Site da livraria Barnes & Noble, Brightness Reef, [em linha]