Filipe de Flandres

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Filipe, conde de Flandres)
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde março de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Príncipe Filipe, conde de Flandres

Filipe Eugênio Fernando Maria Clemente Balduíno Leopoldo Jorge (24 de março de 183717 de novembro de 1905), conde de Flandres, foi o terceiro filho do rei Leopoldo I dos belgas e de sua esposa, Luísa Maria d'Orléans. Ele nasceu no castelo de Laken, perto de Bruxelas, e foi titulado como conde de Flandres em 14 de dezembro de 1840.

No dia 25 de abril de 1867, em Berlim, Filipe desposou a princesa Maria Luísa von Hohenzollern-Sigmaringen, segunda filha do príncipe Carlos Antônio von Hohenzollern-Sigmaringen e de Josefina de Baden. Eles tiveram cinco filhos:

  • Balduíno Leopoldo (1869-1891)
  • Henriqueta (1870-1948), duquesa de Vendôme e Alençon por casamento.
  • Josefina (1870-1871)
  • Josefina Carolina (1872-1958), desposou o príncipe Carlos Antônio de Hohenzollern.
  • Alberto I (1875-1934), terceiro rei dos belgas.

Em 1872, Filipe recebeu a Ordem do Tosão de Ouro.

De 1869 até 1905, Filipe foi o herdeiro presuntivo ao trono belga. Ele morreu em Bruxelas e foi enterrado na Igreja de Nossa Senhora, em Laken. Seu único filho sobrevivente, Alberto, sucedeu seu irmão, Leopoldo II, em 1909.

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Filipe de Flandres
Precedido por
nova criação
Conde de Flandres
14 de dezembro de 184017 de novembro de 1905
Sucedido por
Carlos
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.