Filtro de ar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Elemento filtrante de ar usado, lado limpo
Elemento filtrante de ar usado, lado sujo

O filtro de ar é um equipamento composto por um corpo metálico ou plástico cujo interior possui o elemento filtrante do ar aspirado pelo motor antes de ser usado na mistura da combustão.

Funções[editar | editar código-fonte]

Sua principal função é filtrar impurezas presentes na atmosfera como pólen, fuligem e partículas de sujeiras, que poderiam eventualmente ou a longo prazo causar danos ao motor, além de proporcionar explosões menos consistentes.

Sua aplicação se dá em qualquer tipo de motor a explosão ou aparelhos de admissão de ar, aplicando-se por tanto também em equipamentos como compressores, condicionadores de ar, geradores e sendo por isso utilizado em aeronáutica, embarcações e trens.

O filtro de ar influencia diretamente no desempenho e potência do motor bem como sua durabilidade, pois é ele responsável pela aquisição de uma das misturas para o motor (ar), se o filtro tiver dificuldade para proporcionar uma quantidade necessária devido ao acúmulo de impurezas após longo período de uso, o motor trabalhará com menor desempenho e consumirá mais, porém se o filtro liberar demasiadamente a quantidade de ar, o motor trabalhará com explosões fracas de mistura.[1] Um filtro de ar de qualidade é capaz de reter partículas extremamente pequenas, de até diâmetro de vinte mícrons ou menos.

Deve ser efetuar a troca do elemento regularmente, em automóveis a frequência varia de acordo com o motor e a recomendação do fabricante, normalmente de oito a quinze mil quilômetros em atividade normal, podendo esse número cair em condições de uso, como trilhas, ambiente muito empoeirados ou arenosos.[2] O elemento do filtro de ar é um componente relativamente barato, mas pode ser o responsável por danos de alto custo ao motor pela negligência de sua substituição dentro das especificações indicadas pelo fabricante.

Fabricação[editar | editar código-fonte]

Dependendo do ano e modelo do veículo, é constituído por uma cápsula de metal ou plástico alojando o elemento filtrante que por sua vez geralmente é confeccionado com materiais sintéticos e naturais como papel microporoso, espumas ou algodão, envolvido em borracha para a vedação e alguns com estrutura em tela metálica.

Podem ser utilizados a seco (somente o material) ou embebidos em óleo.[3]

Principais funções[editar | editar código-fonte]

  • Aquisição de ar limpo
  • Controle e economia de combustível
  • Auxilio na vida útil do motor
  • Redução da emissão de poluentes

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre Automobilismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.