Finlandia (Sibelius)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Finlandia, Op. 26 é um poema sinfônico escrito pelo compositor finlandês Jean Sibelius. A primeira versão foi escrita em 1899, sendo posteriormente revisada em 1900. A peça foi composta para as celebrações da imprensa de 1899, um protesto contra a crescente censura do Império Russo, como a última de sete peças, cada uma acompanhada de um folheto com episódios da história da Finlândia.

Uma execução típica dura cerca de 8 minutos.

Era comum na época trocar o nome da peça nos concertos para iludir a censura russa, e isso adquiriu ares de piada. Os títulos com os quais a peça foi mascarada foram numerosos; um dos exemplos mais característicos é Sentimentos Felizes ao Amanhecer da Primavera Finlandesa.

Grande parte da peça traz melodias crescentes e turbulentas, evocando a luta nacional do povo finlandês. À medida que vai chegando ao final, a orquestra se acalma e a melodia serena do hino da finlândia é ouvida. Geralmente citada de forma incorreta como melodia tradicional, a seção do hino foi também composta pelo próprio Jean Sibelius.[1]

Instrumentação[editar | editar código-fonte]

A orquestra descrita para a peça compõe-se dos seguintes instrumentos:

Família Instrumentos
Madeiras
Metais
Percussão
Cordas

Referências

  1. Dubal, David. The Essential Canon of Classical Music, p. 466. New York: North Point Press, 2001.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]