Flávio Merobaude

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Flávio Merobaude (Flavius Merobaudes), marechal do exército romano entre 373 e 388.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Franco de nascimento, serviu o exército romano, como comandante-em-chefe, durante a última campanha do imperador Valentiniano I. Após a morte do imperador, tornou-se o poder de fato no Império do Ocidente, elevando ao trono, Valentiniano II, que ainda era criança.

Continuou poderoso no governo de Graciano, exercendo o consulado em 377 e 383. Apoiou o usurpador Máximo, que governou apenas onze meses. Em seu terceiro consulado (388), viu-se obrigado a cometer suicídio.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Bowder, Diana - "Quem foi quem na Roma Antiga", São Paulo, Art Editora/Círculo do Livro S/A,s/d
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.