Flash of Two Worlds

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

"Flash of Two Worlds" é uma história publicada originalmente em setembro de 1961 na 123ª edição da revista The Flash. Considerada uma das mais importantes de todos os tempos, a história foi responsável pelo surgimento do conceito "Multiverso DC" - uma representação ficcional da interpretação da mecânica quântica que propõe a existência de universo paralelos. A partir da história, ficaria estabelecido que os personagens surgidos durante o período denominado "Era de Ouro dos Quadrinhos" (entre 1938 e 1955), bem como as histórias por eles protagonizadas, pertenceriam a um universo paralelo denominado Terra 2, distinto daquele em que ocorriam as histórias publicadas pela editora durante a década de 1960.[1]

Escrita por Gardner Fox, e desenhada por Carmine Infantino, a história reúne os dois primeiros personagens a adotaram a alcunha de Flash: Jay Garrick e Barry Allen. O editor Julius Schwartz - responsável pela reformulação da editora nos anos anteriores, a partir da criação de Allen - foi o editor da história, citada como uma das mais memoráveis já publicadas. Ao lançar sua autobiografia, Schwartz inclusive daria ao livro o título Man of Two Worlds.[2] Em 2004, uma cópia da edição foi leiloada e alcançou o valor de US$83,000.[3]

Referências

  1. André Morelli. (Setembro/Outubro de 2010). "Dossiê 75 Anos de DC Comics. Anos 1960: Heróis em alta". Revista Mundo dos Super-Heróis (23): 24-27. ISSN 9771980523001.
  2. [1]
  3. [2]
Ícone de esboço Este artigo sobre Banda desenhada da DC Comics é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.