Flirty Fishing

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Flirty Fishing (ou FFing) é o nome da forma de prostituição religiosa evangélica praticado entre 1974 e 1987 por mulheres pertencentes ao novo movimento religioso Meninos de Deus, agora conhecido como Família Internacional.[1]

As mulheres do grupo eram encorajadas a demonstrar o amor de Deus através do sexo com pessoas com potencial de serem convertidas. De acordo com a Família Internacional, como resultado do Flirty Fishing "mais de 100 000 receberam a dádiva divina da salvação através de Jesus, e alguns escolheram viver a vida de discípulos e missionários."[2]

O Flirty Fishing foi oficialmente abandonado pela Família Internacional em 1987 e substituído por outros métodos de testificação, também a fim de evitar que seus membros contraíssem AIDS.[carece de fontes?]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre religião é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.