Flora Pereira (fadista)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Flora Pereira (9 de Abril de 1929 - 9 de Abril de 2008) foi uma fadista portuguesa.

Iniciou-se como cançonetista na Emissora Nacional e captou as atenções dos criticos no programa de rádio "Comboio da seis e meia". Na década de 1950, começa a cantar fado profissionalmente e a partir de 1963 integra o elenco da Festa de Homenagem a Alfredo Marceneiro, juntando-se a Berta Cardoso, Hermínia Silva, Max, Fernando Farinha, Lucília do Carmo, Maria Teresa de Noronha e Argentina Santos.

A partir daí integrou o elenco de várias casas de fado, e entre os seus êxitos discográficos surgem fados como Antes Só e Sou tua, que se tornaram grandes iténs do fado. Na casa de fado Nónó, no Bairro Alto, e em outras, cantou com fadistas das gerações mais novas, como Hélder Moutinho. Trabalhou, entre outros, com o poeta José Luís Gordo e com o editor discográfico Emílio Mateus.

No mesmo dia em que completou 79 anos, foi encontrada sem vida na sua residência em Lisboa. O corpo seguiu para a Igreja de Santo Condestável, onde foi rezada uma missa de corpo presente, realizando-se mais tarde o funeral no Cemitério de Benfica.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]