Fluxo laminar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Fluxo laminar é o tipo de fluxo onde existe um mínimo de agitação das várias camadas do fluido. É também chamado de um escoamento laminar ou um escoamento que está num regime laminar.

As diferentes secções do fluido se deslocam em planos paralelos, ou em círculos concêntricos coaxiais (quando num tubo cilíndrico), sem se misturar. Um fluxo laminar é definido como um fluxo em que o vector velocidade é aproximadamente constante em cada ponto do fluido. Num fluxo laminar as linhas de corrente não se cruzam, tal como descrito pela figura.

tumb

No regime laminar o fluido se move em camadas sem que haja mistura de camadas e variação de velocidade. As partículas movem-se de forma ordenada, mantendo sempre a mesma posição relativa.

É o regime de escoamento que segue linhas de fluxo, pode ser definido como aquele no qual o fluido se move em camadas ou lâminas, uma camada escorregando sobre a adjacente havendo somente troca de quantidade de movimento molecular (calor).

Um regime laminar é até visivelmente sereno, as partículas componentes do fluido descrevem trajetórias invariáveis e repetitivas. Este tipo de regime somente se estabelece em velocidades relativamente baixas. Um bom exemplo desse tipo de escoamento é a água escoando de uma torneira, formando um "fio" contínuo e sem turbulência alguma.

Hipertensão arterial - o principio do fluxo laminar silencioso é utilizado para determinar a fase 4 dos sons de Korotkoff. Nesta fase o fluxo é silencioso e a pressão arterial do início desta fase é considerada como a pressão arterial diastólica no método auscultatório de medida de pressão arterial.

Um regime ou escoamento dito turbulento (algumas vezes regime turbilhonar), em contrapartida, é aquele que não segue uma linha de fluxo, aquele no qual as partículas apresentam movimento caótico macroscópico, isto é, a velocidade apresenta componentes transversais ao movimento geral do conjunto ao fluido, as partículas do fluido descrevem trajetórias que variam de instante a instante. Um exemplo é a fumaça de um cigarro em sua parte superior quando ela inicia a trocar significativamente calor com o meio. Este tipo de regime se estabelece em velocidades relativamente altas.

Fluxo laminar natural[editar | editar código-fonte]

O fluxo laminar definido como natural, em engenharia aeronáutica, é o fluxo de ar ao longo de uma porção de uma asa de uma aeronave tal que a pressão diminui na direção do fluxo e o fluxo na camada limite é laminar em vez de turbulento. Neste fluxo o arrasto sobre a aeronave é bastante reduzido, conduzindo a um baixo consumo de combustível.1 2

Referências

  1. J. Driver� and D. W. Zinggy; Optimized Natural-Laminar-Flow Airfoils - American Institute of Aeronautics and Astronautics - oddjob.utias.utoronto.ca
  2. Michael S. Selig, Mark D. Maughmert and Dan M. Somers; Natural-Laminar-Flow Airfoil for General-Aviation Applications ; JOURNAL OF AIRCRAFT, Vol. 32, No.4, July-August 1995.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.