Folha de Londrina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Folha de Londrina
Folha de Londrina
Periodicidade diário
Formato standard
Proprietário José Eduardo de Andrade Vieira
Fundador(es) João Milanez
Diretor José Nicolás Mejia
Editor Fernanda Mazzini
Fundação 13 de novembro de 1948 (65 anos)
Sede Londrina,
 Brasil
Página oficial [1]

A Folha de Londrina é um jornal de impressão diária que foi fundado na cidade de Londrina em 1948, por João Milanez.

O jornal tem uma tiragem média diária de 40 mil exemplares, circulando em mais de 300 municípios dos 399 do Estado do Paraná, além de algumas localidades dos Estados de São Paulo e Mato Grosso. Seu público leitor é estimado em mais de 120 mil pessoas; além dos assinantes, a Folha de Londrina é vendida em edições avulsas em Londrina, região metropolitana e outros municípios de maior expressão no Estado do Paraná. Sua cobertura é profissionalizada, e abrange todos os temas de um jornal tradicional, desde o cotidiano da cidade até política internacional.

É o jornal de grande circulação mais tradicional da região, e prevalece nas classes A e B da sociedade londrinense. Sua base de arrecadação se dá, principalmente, através dos assinantes, que respondem por mais de 90% dos exemplares em circulação diária semanal, exceto aos domingos.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre meios de comunicação ou jornalismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Anos 50

A história da Folha de Londrina confunde-se com a história de desenvolvimento da cidade. Na década de 50, quando Londrina viveu uma grande expansão no número de moradores, passando de 20 para 75 mil em apenas 10 anos, a Folha de Londrina deixou de ser um jornal semanal e tornou-se um diário com oito páginas e notícias internacionais na primeira página.

Na mesma década, a Folha adquiriu uma impressora rotativa, que permitia a impressão para grandes tiragens de papel de bobinas.

Anos 60

Na década 60, quando surgiram na cidade os primeiros conjuntos habitacionais, a Folha de Londrina torna-se o terceiro jornal do país a adquirir uma impressora offset.

Anos 80

Na década de 80, enquanto a cidade realizava melhorias significativas no planejamento urbano, a Folha de Londrina investia na informatização de toda a produção do jornal e também na aquisição de um novo e ágil Parque Gráfico. Com a modernização, o jornal passou a ser impresso em cores.

Anos 90

Nos anos 90, Londrina torna-se a terceira mais importante cidade do Sul do país e a Folha de Londrina entra para a história do jornalismo mundial, ao ser o primeiro jornal do mundo a receber a certificação ISO 9002, tendo a qualidade de seu produto reconhecida internacionalmente. No ano de 98, a Folha comemorava 50 anos de jornalismo consistente e de credibilidade. Em 1999, José Eduardo de Andrade Vieira assume a superintendência da Folha de Londrina

Anos 2000

Com a chegada do novo milênio, a Folha de Londrina inova mais uma vez ao adquirir o moderno sistema de impressão CTP (Computer to Plate), onde a chapa de impressão é gerada digitalmente, permitindo além de uma resolução perfeita, maior agilidade para a produção editorial e de anúncios. De lá para cá

No ano de 2011, a grande novidade: o Folha Norte Pioneiro, um caderno especial voltado à região da qual leva o nome, com notícias e reportagens especiais sobre as cidades que não param de crescer e colaboram para o desenvolvimento político, econômico e social do estado.

Atualmente, a Folha de Londrina possui o título de jornal impresso mais lembrado pela comunidade nipo-brasileira de Londrina (Top Nikkey), pelos universitários (Top Universitário) e pela população londrinense em geral (Top de Marcas). Além disso, a Folha de Londrina circula em mais de 300 localidades no Paraná. São cerca de 120 mil leitores e tiragem média de 40 mil exemplares.

São essas e muitas outras características que fazem da Folha de Londrina o Jornal do Paraná!

www.folhaweb.com.br www.bonde.com.br www.vrum.com.br www.nossodiaonline.com.br www.lugarcerto.com.br