Folhelho Burgess

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Folhelho de Burgess
Distribuição estratigráfica: Cambriano Série 3 - 505 Ma
Walcott Quarry
Tipo "Formação geológica" ver texto
Unidade do(a) Formação Stephen
Espessura 161 metros
Litologia
Primária folhelho
Localização
Homenagem Passo de Burgess
Nomeada por Charles Doolittle Walcott, 1911
Coordenadas 51° 26′ N 116° 28′ W
Região Parque Nacional Yoho
País  Canadá
BurgessAnomalocaridid.jpg

O Folhelho Burgess ou Xistos de Burgess [1] é um sítio fossilífero das Rochosas localizado em Colúmbia Britânica, Canadá, e é considerado uma das principais jazidas de fósseis do mundo. Contém grande número de fósseis do período Cambriano médio extraordinariamente preservados, incluindo vários tipos de invertebrados e também os animais dos quais evoluíram os cordados, como o Pikaia, advindo daí a sua extrema importância na paleontologia.

Folhelho Burgess foi o termo informal que Charles Walcott usou para se referir a unidade fossilífera, que mais tarde passou a ser aplicada mais amplamente para descrever o tipo de agrupamento de fósseis que é encontrado na pedreira de Walcott.[2] O sítio fossilífero pertence a formação Stephen, que possui uma parte "fina" e outra "grossa", alguns pesquisadores consideram que a parte "fina" deva ser separada como formação Folhelho Burgess.[3]

Fósseis descritos[editar | editar código-fonte]

Até 1994, 125 gêneros haviam sido descritos dos folhelhos Burgess.[2]

Referências

  1. Biorede - Universidade de Aveiro
  2. a b BRIGGS, D.E.G.; ERWIN, D.H.; COLLIER, F.J.. The Fossils of the Burgess Shale. [S.l.]: Smithsonian, 1994. ISBN 1-56098-364-7
  3. GAINES, R.. (2011). "A new Burgess Shale-type locality in the “thin” Stephen Formation, Kootenay National Park, British Columbia: stratigraphic and paleoenvironmental setting". Paleontographica Canadiana (31): 73-88.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]