Fonte Coberta

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Freguesia de Fonte Coberta
Portugal Carreira  
—  freguesia portuguesa extinta  —
Bandeira de Carreira
Bandeira
Carreira está localizado em: Portugal Continental
Carreira
Localização de Carreira em Portugal Continental
41° 29' 02" N 8° 33' 32" O
Concelho primitivo Barcelos
Concelho (s) atual (is) Barcelos
Freguesia (s) atual (is) Carreira e Fonte Coberta
Extinção 28 de janeiro de 2013
Área
 - Total 2,05 km²
População (2011)
 - Total 582
    • Densidade 283,9/km2 

Fonte Coberta foi uma freguesia portuguesa do concelho de Barcelos, com 2,05 km² de área²)[1] e 582 habitantes (2011)[2] . Densidade: 283,9 hab/km².

Foi extinta em 2013, no âmbito de uma reforma administrativa nacional, tendo sido agregada à freguesia de Carreira, para formar uma nova freguesia denominada União das Freguesias de Carreira e Fonte Coberta com sede em Carreira.[3]

Demografia[editar | editar código-fonte]

         Evolução da População desde 1864 até 2011                 Evolução dos Grupos Etários (2001 e 2011)                   

Evolução da  População  1864 / 2011; Variação da População  1864 / 2011; A População em 2001; A População em 2011;

Localização[editar | editar código-fonte]

Fica a sudoeste da sede de concelho a uma distancia de 10 km, é uma pequena localidade cujo território se alonga no sentido Norte-Sul, de orografia não muito acidentada, a sua área de 142 hect. ocupa uma zona levemente ondulada na vertente norte e oeste do pequeno outeiro que vai do monte de Airó ao da Saia e divide a bacia orográfica do Cávado da do Este. É atravessada pela Estrada Nacional nº 4 de Famalicão a Barcelos, com o apeadeiro de Carreira, e linha férrea do Minho e Douro, o túnel entre as estações de Nine e Midões fica nesta localidade, tem como vizinhas Moure, a norte e Sequiade e Cambeses a nascente, Silveiros e Carreira a Sul e a Poente com Rio Covo Santa Eulália, Situando-se a sudeste de Barcelos.

Era uma Reitoria da Apresentação do Arcebispo de Braga e foi, além disso Comenda da Ordem de Cristo.

Existe ao lado nascente da igreja Paroquial e pouco distante desta uma Fonte com a designação de «Fonte Coberta» a qual deu o nome da localidade. Nesta fonte nasce um regato que banha a povoação.

Nas inquirições Afonsinas de 1220 e 1258 vem referida como “Sancto Romano de Fonte Cooperta “, situando-se nas Terras de Faria.

No lugar de S. Paio, na extremidade da freguesia, partilhada com Moure, existiu outrora um templo da invocação da Ordem de Cristo.

Instituições[editar | editar código-fonte]

A Associação Desportiva Recreativa e Cultural de Fonte Coberta (ADRCFC) foi fundada a 29 de Agosto de 1984, contando, em Janeiro de 1997 com 300 sócios inscritos. Dedica-se sobretudo ao futebol na Liga Popular de Barcelos e, esporadicamente, ao atletismo.

Turismo[editar | editar código-fonte]

O Estabelecimento de Turismo Rural com um caris cultural e histórico é toda construída em pedra, foi construída por um brasileiro, grande benemérito do hospital de Barcelos. No exterior existem inscrições nas paredes que a datam de 1861. As arcadas escondem ninhos de andorinha e o actual dono da casa os quis preservar. Artur Saldanha era o anfitrião. E um verdadeiro contador de historias, na qual conhecia todo o pais porque durante mais de trinta anos andou a vender lanefícios. Esta casa é servida por uma horta com diversas culturas hortícolas e com pomar também ele com uma diversidade de frutos; o lugar é calmo e seguro, a sua fonte de água cristalina e o doce afecto da sua hospitalidade, o bom vinho que aqui se produz e os petiscos ao fim da tarde são boas razões para aqui ficar.

Tradição Vinícola (Quinta do Tamariz) Esta localidade e em grande parte produtora dos vinhos verdes que se reconhecem em Portugal e Estrangeiro, tendo como produtor principal que já à muitos anos que se dedicam e esta actividade com grande mérito e com qualidade, sendo as marcas Tamariz tinto e branco, Landeiro, Pigeiros.

A visitar:

  • Festa do Padroeiro S. Romão
  • Festa do Menino Jesus
  • Turismo Rural
  • Nicho arqueológico do Montinho
  • Fontanários
  • Igreja Matriz
  • Cruzeiro
  • Turismo Rural

Património[editar | editar código-fonte]

  • Festa do Padroeiro S. Romão
  • Fonte Coberta
  • Casa do Eido(Turismo Rural)
  • Nicho do Senhor da Boa Morte
  • Fontanários
  • Igreja Matriz
  • Cruzeiro
  • Senhora dos Caminhos

Pessoas Ilustres[editar | editar código-fonte]

  • Dr. Sant' Anna Dionisio – Escritor (Falecido)
  • Manuel Gomes de Araújo – Ministro de Oliveira Salazar durante o Estado Novo
  • Prof.Dr. José Augusto Sant'Anna Dionisio – Cientista

Referências

  1. Instituto Geográfico Português, Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2012.1
  2. População residente, segundo a dimensão dos lugares, população isolada, embarcada, corpo diplomático e sexo, por idade (ano a ano) (em português) Instituto Nacional de Estatística. Página visitada em 6 de Março de 2014. Cópia arquivada em 4 de Dezembro de 2013. "Informação no separador "Q601_Norte""
  3. Diário da República, 1.ª Série, n.º 19, Lei n.º 11-A/2013 de 28 de janeiro (Reorganização administrativa do território das freguesias). Acedido a 2 de fevereiro de 2013.
Ícone de esboço Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.