Fonte do Ídolo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fonte do Ídolo, Braga.

A Fonte do Ídolo localiza-se na rua do Raio, na freguesia de São José de São Lázaro, cidade e concelho de Braga, distrito de mesmo nome, em Portugal.

História[editar | editar código-fonte]

Constitui-se num antigo monumento da época romana.

A cidade de Bracara Augusta foi fundada por volta de 16 a.C., sob o governo de Augusto, implantada numa região antes ocupada por povos nativos. Os romanos, geralmente tolerantes em matéria religiosa, permitiam o culto a divindades locais, além dos deuses romanos.

Possivelmente construída no século I, a Fonte do Ídolo insere-se nesse contexto, sendo um santuário dedicado a um deus local chamado Tongoenabiagus, associado aos cursos de água.

A fonte é o único monumento romano de Bracara Augusta a ter sobrevivido relativamente intacto até aos nossos dias, sendo muito importante pelas informações que fornece sobre o culto de deuses indígenas à época romana.

Está classificado como Monumento Nacional desde 6 de junho de 1910.

Características[editar | editar código-fonte]

Consiste numa fonte de água com inscrições e figuras esculpidas num afloramento natural de granito. Uma inscrição indica que um indivíduo de nome Célico Fronto, natural de Arcóbriga, mandou fazer o monumento. Perto dessa inscrição encontra-se uma figura vestida com uma toga, que poderia representar o dedicante. Ao lado, sobre a fonte de água, encontra-se outra figura esculpida: um busto, erodido, dentro de um nicho de perfil clássico com uma figura de uma pomba no frontão. Perto dessa figura existe também outra inscrição com o nome do dedicante e o nome da divindade Tongoenabiagus, que provavelmente é representada pela figura do nicho.

Perto da fonte foram também descobertos vestígios arquitetónicos que indicam que o santuário pode ter sido parte de um templo.

Ver também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Fonte do Ídolo

Ligações externas[editar | editar código-fonte]