Foodie

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Foodie é um termo informal para uma classe particular de viciados em comida e bebida. A palavra foi criada em 1981 por Paul Levy e Ann Barr, que a utilizaram no título do livro de 1984 The official Foodie Handbook'.

Distinção de gourmet[editar | editar código-fonte]

Ainda que os dois termos sejam algumas vezes utilizados com o mesmo sentido, Foodies se diferenciam de gourmet, apesar de ambos serem epicuristas com alimentos. O gourmet possui caráter refinado em seus alimentos, enquanto o foodie simplesmente é apaixonado pelo consumo, estudo, preparo, notícias, entre outros, relacionados aos alimentos.[1] . Gourmets simplesmente querem apreciar a comida, enquanto foodies querem aprender tudo sobre comida, tanto a melhor quanto a comum, e sobre a ciência, indústria e personalidades ao redor da Culinária e alimentação.[2]

Perseguições[editar | editar código-fonte]

Foodies formam um grupo distinto de hobbistas. O foodie típico se interessa por atividades que incluem indústria de alimentos, cultura do vinho, Enologia, criação de cervejas, ciência dos alimentos, seguir inaugurações, fechamentos e ocasionais re-inaugurações de restaurantes, tendências culinárias, saúde, nutrição, aulas de culinária, turismo culinário e administração de restaurantes. Um foodie deve desenvolver interesse em um ou alguns itens em particular, como o melhor sorvete, ou o mais delicioso burrito.
Muitas publicações apresentam uma seção de alimentos, que atraem os foodies. O interesse dos foodies permitiu a ascensão de canais como o Food Network e outras programações televisivas especializadas em alimentos e culinária, filmes e shows de televisão como o Kitchen Nightmares e Cake Boss, aparição de livros especializados em itens culinários (como cupcakes e bolos, jornais temáticos como a Gourmet Magazine, sites de internet com este tema como o "Tudo Gostoso"[1] e o Epicurious [2], assim como blogs culinários, lojas especializadas em utensílios para cozinha, e a criação de "Chefs-celebridade". Também notou-se a ascensão do turismo culinário, que leva os foodies a entrar em contato com outras culturas culinárias e pratos diferentes.[3]

Outros pontos de vista[editar | editar código-fonte]

Chris Onstad, autor da webcomic Achewood e autor do The Achewood Cookbook, demonstrou insatisfação pelo termo. Onstad disse "Já existem muitas palavras que descrevem o conceito de pessoas que gostam de comida, ou gostam de cozinhar, ou gostam de aprender sobre culinária. 'Foodie': é como um diminutivo infantilóide - põe-se um "y" no final de tudo e o transforma em infantil. Nós não precisamos disso, é embaraçador. 'Sou um foodie', ah, meu Deus."[4]

Veja também[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia possui o portal:
  • Alimentação

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Nicole Weston. "What is a foodie, anyway", AOL Living, February 10, 2006. Página visitada em 2007-07-01.
  2. FAQs about food. the Nibble. Página visitada em 2007-07-01.
  3. Culinary tours. Aspiring Adventures. Página visitada em 2011-06-14.
  4. Norton, James. Chow down, dude. Salon. Tuesday April 10, 2007. Retrieved on July 23, 2011.

Links externos[editar | editar código-fonte]

Wikcionário
O Wikcionário possui o verbete foodie.