Forésia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde dezembro de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Forésia é a associação entre indivíduos de espécies diferentes (relação ecológica inter-específica), na qual um transporta outro, sem se prejudicarem. A forésia também pode ser definida como um caso específico do comensalismo.

Um exemplo de forésia é a relação entre o mosquito-da-dengue (Aedes aegypti) e o vírus da dengue. O vírus utiliza o mosquito para o transporte mas não o prejudica, sendo uma relação neutra para o mosquito e positiva para o vírus da dengue. Outro exemplo de forésia é a dispersão do ácaro-branco, que além de se dispersar pelo vento através de partes de plantas infestadas, ou pelo contato entre a folhagem de plantas diferentes, também é dispersado pela relação forética com o Piolho-verde-do-pessegueiro (Myzus persicae) e com as moscas-brancas dos gêneros Bemisia e Trialeurodes.[1] [2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Fan & Petitt, 1998
  2. Palevsky et al., 2001
Ícone de esboço Este artigo sobre ecologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.