Morfologia (linguística)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

De maneira geral podemos falar que morfologia trata do estudo da estrutura e formação das palavras. [1] [2] [3] Ao estudar morfologia, estudamos a formação de palavras através de elementos morfológicos (ou mórficos [4] ), que são as unidades que formam uma palavra. Alguns elementos morfológicos são: radical, tema, vogal temática, vogal ou consoante de ligação, afixo, desinência (nominal ou verbal). [4]

Em linguística, no nível de análise morfológica encontramos duas unidades formais: a palavra e o morfema. Uma das questões centrais no estudo da morfologia é decidir se a abordagem será pela perspectiva do morfema ou se a partir da palavra, da formação e da classificação das palavras. A peculiaridade da morfologia é estudar as palavras olhando para elas isoladamente e não dentro da sua participação na frase ou período. A Gramática tradicional fez opção clara pela abordagem a partir da perspectiva da palavra, tanto que a morfologia tradicional é centrada no estudo das classes de palavras. Alguns linguistas sugerem que a abordagem a partir dos morfemas é mais sensata, vistas as dificuldades da percepção da morfologia em algumas palavras.Apesar de em algumas situações serem mais perceptíveis.

Formação das palavras[editar | editar código-fonte]

Na morfologia existem vários tipos de formação, entre estes processos temos a formação por derivação; por composição, onde palavras são formadas por aglutinação ou justaposição; por redução ou abreviação; por empréstimos lexicais; na criação de neologismos. [5]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. FERREIRA, Aurélio Buarque de Hollanda. mini Aurélio. 8 ed. Curitiba: Positivo, 2010. p. 516. ISBN 85-385-4239-1
  2. Dicionário Terminológico para consulta em linha. Ministério da Educação e Ciência de Portugal. Página visitada em 17 de fevereiro de 2014.
  3. Dicionário de Termos Linguísticos. Instituto de Linguística Teórica e Computacional (ILTEC). Página visitada em 17 de fevereiro de 2014.
  4. a b Mesquita, Roberto Melo; Martos, Cloder Rivas. Português - Linguagem & Realidade. 3 ed. São Paulo: Saraiva, 1994. p. 113. 2 vol. vol. 1. ISBN 85-02-01251-7
  5. Abaurre, Maria Luiza; Pontara, Marcela Nogueira; Fadel, Tatiana. Português: língua e literatura. 4 ed. São Paulo: Moderna, 2005. p. 161 - 162. 1 vol. vol. 1. ISBN 85-16-03845-9

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

  • Webjspell — um analisador Morfológico e Corrector ortográfico open source para o português europeu.
  • Infoescola — página dedicada a morfologia.
  • ReVEL — entrevista com Margarida Basílio.
  • ReVEL — entrevista com Mark Aronoff.
  • ReVEL — edição destinada à Morfologia.
Linguística

Divisões
Fonética | Pragmática | Fonologia | Morfologia | Sintaxe | Semântica | Lexicologia | Estilística
Tipos de linguística
Antropológica | Cognitiva | Gerativa | Comparativa | Aplicada | Geolinguística | Computacional | Histórica | Neurolinguística | Política linguística | Psicolinguística | Sociolinguística
Artigos relacionados
Preconceito linguístico | Análise do discurso | Aquisição da linguagem | Línguas A e B | Sistema de escrita | Ciência cognitiva | Estruturalismo | Etimologia | Caso gramatical | Figura de linguagem
Família de línguas | Filologia | Internetês | Lista de linguistas | Gramática | Língua de Sinais | Alfabeto | Eurodicautom | Língua e cultura | Semiótica
Atos da fala | Análise do discurso

Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.