Forte de Triquinimale

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.
Fort Fredrick, Sri Lanka.

O Forte de Triquinimale localiza-se em Trincomalee, uma cidade portuária no leste da ilha do Ceilão, atual Sri Lanka. Históricamente, a importância de Trincomalee prendia-se à segurança do seu vasto porto, operacional em todas as estações do ano.

História[editar | editar código-fonte]

Na sequência da conquista portuguesa do antigo reino de Jaffna (1619), a construção deste forte foi determinada pelo Capitão-general do Ceilão, Constantino de Sá de Noronha em 1622. Concluído em 1624, foi erguido sobre as ruínas de um antigo templo Hindu, que havia sido arrasado pelos portugueses.

Poucos anos mais tarde, em 1639, o forte foi conquistado pelas forças de uma frota da Companhia Neerlandesa das Índias Orientais, sob o comando do almirante neerlandês Adam Westerwold (1580–1639).

Foi reconstruído pelos neerlandeses em 1665 como defesa ante os avanços britânico e francês na região, sendo batizado de Fort Fredrick. Em 1672, ano em que os Países Baixos foram atacados por uma coligação integrada pela França, a Grã-Bretanha e dois estados Germânicos, os forças francesas capturaram Trincomalee e, mais tarde, Batticaloa. Em pouco tempo, entretanto, os franceses foram forçados a abandonar as suas posições.

Em fins do século XVIII, a povoação e seu forte foram novamente conquistadas por forças francesas, para retornar às mãos da VOC com a assinatura da Paz de Paris em 1784. No ano seguinte (1785) foi conquistada, desta vez pelos Britânicos, tendo sido por estes guarnecida até 1948.

Recebeu baterias de artilharia de costa durante a Primeira e a Segunda Guerras Mundiais.

Atualmente, permanece guarnecido por um destacamento do Exército do Sri Lanka, aberto à visitação turística.

Características[editar | editar código-fonte]

De pequenas dimensões, o primitivo forte português apresentava planta triangular, tendo os lados menores setenta e cinco metros de comprimento e o maior cento e cinqüenta metros.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma fortaleza é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.