Francesco Guicciardini

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Francesco Guicciardini
Nome completo Francesco Guicciardini
Nascimento 6 de março de 1483
Florença, República de Florença
Morte 22 de maio de 1540 (57 anos)
Arcetri, Ducado de Florença
Nacionalidade Itália italiano
Ocupação Historiador e estadista

Francesco Guicciardini (Florença, 6 de março de 1483 — Arcetri, 22 de maio de 1540) foi um historiador e estadista italiano.

O mais notável historiador da Itália renascentista. Inspirou-se em Tucídides. Um amigo e crítico de Nicolau Maquiavel, ele é considerado o maior escritor político da Itália Renascentista. Guicciardini é considerado como o pai da História Moderna, devido ao seu uso de documentos governamentais para verificar a sua chamada “História da Itália”.

Sua família era ilustre e nobre, e seus ancestrais há muitas gerações tinham realizado os mais altos lugares de honra no Estado. Após o habitual educação de um menino de gramática elementar e estudos clássicos, seu pai, Piero, enviou-o para as universidades de Ferrara e Pádua, onde permaneceu até o ano 1505.

Obras:

  • Storie fiorentine (first "History of Florence"; 1508-1510)
  • Diario di Spagna (1512)
  • Discorso di Logrogno ("Discourse of Logrogno"; 1512)
  • Relazione di Spagna (1514)
  • Consolatoria (1527)
  • Oratio accusatoria (1527)
  • Oratio defensoria (1527)
  • Del reggimento di Firenze or Dialogo e discorsi del reggimento di Firenze (1527)
  • Considerazioni intorno ai "Discorsi" del Machiavelli sopra la prima deca di Tito Livio (1528 ou possivelmente em 1530)
  • Ricordi or Ricordi politici ou Ricordi civili e politici (1512-1530)
  • Le cose fiorentine (1528-1531)
  • Storia d'Italia (1537-1540)
Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Francesco Guicciardini
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.