Francesco Gullino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Francesco Gullino (ou Giullino) é um dinamarquês de origem italiana que foi apontado em junho de 2005 pelo jornal britânico The Times [1], como principal suspeito da morte do dissidente búlgaro Gueórgui Markov, em 1978, em Londres. Na ocasião Markov foi envenenado por ricina com a ajuda de um guarda-chuva búlgaro.

Um documentário britânico, The Umbrella Assassin ("O Assassino do Guarda-Chuva", 2006), contém entrevistas com pessoas ligadas ao caso na Bulgária, no Reino Unido e nos EUA, e revela que Gullino está vivo e bem, e ainda viaja livremente pela União Europeia. No entanto, ele não pode ser processado depois de um estatuto de limitações na Bulgária ter feito o crime prescrever em 2008.

  • Uma versão de The Umbrella Assassin foi exibida nos EUA pela rede PBS na série Secrets of the Dead (Segredos dos Mortos).