Francis Whittier Pennell

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Francis Whittier Pennell (Wawa (Pennsylvania), 4 de Agosto de 1886Media, Pennsylvania, 3 de Fevereiro de 1952) foi um botânico norte-americano[1] especializado na sistemática das espermatófitas, com destaque para a família das escrofulariáceas, matéria em que foi uma das maiores autoridades[2] .

Biografia[editar | editar código-fonte]

Francis Whittier Pennell nasceu numa quinta nos arredores da vila de Wawa, Delaware County, Pennsylvania. De compleição frazina, o que impedia a sua participação nos trabalhos agrícolas, estudou na Westtown School e na Universidade da Pennsylvania (University of Pennsylvania), onde recebeu um bacharelato (B.S.) em Biologia no ano de 1911 e se doutorou (Ph.D.) em 1913, defendendo uma dissertação sobre a taxonomia dos membros da família Scrophulariaceae[2] .

O seu interesse pela Botânica despertou cedo, encorajado por alguns botânicos amadores da sua vila natal, com destaque para a Dr. William Trimble. Essa paixão pelas plantas desenvolveu-se ao longo do seu percurso universitário sob a orientação do Dr. John M. Macfarlane (1855-1943)[3] , director do Departamento de Botânica da University of Pennsylvania, que sugeriu como tema para a dissertação doutoral o estudo das Scrophulariaceae, uma família botânica particularmente complexa.

Em 1914 ingressou nos quadros do Jardim Botânico de Nova Iorque (New York Botanical Garden) onde trabalhou entre 1914 e 1921. Neste último ano transferiu-se para Philadelphia, onde passou a exercer as funções de curador da colecção de plantas da Academia de Ciências Naturais de Filadélfia (Academy of Natural Sciences of Philadelphia)[2] . Mais tarde foi curador do herbário da Universidade da Carolina do Norte.

Foi um escritor prolífico, publicando artigos científicos sobre vários géneros botânicos, com destaque para as escrofulariáceas, e sobre questões taxonómicos em geral. Outra área de interesse foi a história botânica, matéria em que deixou importantes contribuições. Contudo, o seu trabalho mais notável foi o estudo monográfico das Scrophulariaceae da flora da região sul dos Apalaches[4] , deixando sobre ela uma obra de referência que se mantém actual.

Foi bolseiro do National Research Council e realizou importantes trabalhos de campo na região dos Apalaches (1927) e no oeste dos Estados Unidos (1931) e na América do Sul.

Foi sócio e por diversas vezes presidente do Philadelphia Botanical Club. Faleceu de ataque cardíaco quando participava num serviço religioso quaker ("meeting") em Media, no domingo, dia 3 de Fevereiro de 1952.

Notas

  1. IPN.
  2. a b c Nota biográfica de Francis Pennell.
  3. Obituário na Harvard Forest.
  4. The Scrophulariaceae of Eastern Temperate North America: Monograph 1. Academy of Natural Sciences of Philadelphia, 650 pp., 1935.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikipedia-pt-hist-cien-logo.png Portal de história da ciência. Os artigos sobre história da ciência, tecnologia e medicina.
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Francis Whittier Pennell