Francisco Guerrero (assassino)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2012). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Francisco Guerrero (assassino)
Francisco Guerrero (002).jpg
Nome Francisco Guerrero Pérez
Nascimento 1840
Bajío (terras baixas)
Morte novembro de 1910 (70 anos)
Palácio de Lecumberri, Cidade do México
Nacionalidade México mexicano
Pseudônimo(s) "El Chalequero" ("O homem dos coletes" ou "O homem-colete")

Francisco Guerrero Pérez (1840 - novembro de 1910), também conhecido como Antonio Prida, foi o primeiro serial killer a ser capturado no México. Guerrero matou aproximadamente vinte prostitutas na Cidade do México entre 1880 e 1888. Ele também matou uma mulher cujo status como uma prostituta tem sido relatado incoerente, em 1908.[1]

Guerrero e Jack, o Estripador foram contemporâneos e seus modus operandi foram similares - alguns autores comparam os dois homens. Ele também foi conhecido como "El Chalequero" , "O homem dos coletes", "O homem-colete", "Estrangulador do rio Consulado", "Estripador do rio Consulado" ou ainda "Estripador mexicano". Ele foi um assassino organizado, sedentário e missionário que foi motivado pelo ódio.

Referências

  1. Ricardo. México y sus asesinos seriales (em <Língua não reconhecida>). 1ª. ed. México: Samsara (ed.), 2007. Capítulo 1º. 10 pp. ISBN 978-970-94259-1-0.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.