Francisco López de Gómara

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Francisco López de Gómara (Gómara, Sória, 1511 – ibidem, 1566), foi um eclesiástico e historiador espanhol que destacou como cronista da conquista espanhola do México, apesar de que nunca viajasse para o Novo Mundo.

Foi também um humanista que conheceu a Hernán Cortés e ficou na sua casa como capelão, testemunha dos relatos dos que passavam por tal casa, resultando na criação de vários livros ao gosto do seu patrono.

Isso explica que o mesmo Inca Garcilaso de la Vega fizesse anotações à Historia General de las Indias de López de Gómara. Nas ligações pode-se encontrar um fac-símile dessa edição de 1555, anotada por Garcilaso, saída das imprensas de Saragoça. Outro ligação aponta também a fragmentos de um fac-símile, da edição de Martín Nucio, Antuérpia, 1554.

A concepção caudilhista de López de Gómara foi ponto de partida para a visão diferente de Bernal Díaz del Castillo, na sua Historia verdadera de la conquista de la Nueva España.

Algumas das suas obras são:

  • Historia general de las Indias
  • Historia de la conquista de México
  • Crónica de los Barbarrojas
  • Anales de Carlos V
  • Vida de Hernán Cortés

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]