Franco CFA

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Em verde o franco CFA ocidental, em vermelho o franco CFA central

O franco CFA (pronúncia: franco -efe-á) é uma moeda corrente usada em doze países africanos, anteriormente possessões francesas (Camarões, Costa do Marfim, Burkina Faso, Gabão, Benim, Congo, Mali, República Centro-Africana, Togo, Níger, Chade e Senegal), sendo também usado na Guiné-Bissau (uma antiga colônia portuguesa) e na Guiné Equatorial (uma antiga colônia espanhola), perfazendo um total de catorze países. Atualmente, o franco CFA é dividido em duas moedas o franco CFA central (XAF), e o franco CFA ocidental (XOF). Embora o franco CFA central tenha o mesmo valor monetário que o franco CFA ocidental, ele não é aceito em países que utilizam o XOF, e vice-versa.

Nome[editar | editar código-fonte]

Entre 1945 e 1958, CFA era a abreviação de colônias francesas da África (em francês colonies françaises d'Afrique), assim a moeda criada recebeu o acrônimo CFA, ficando franco CFA. Com o estabelecimento da quinta república francesa, e a independência desses países africanos no começo dos anos 1960, o franco CFA ainda continuou sendo usado, mas com outro significado para o acrônimo CFA, agora Communauté Financière Africaine (Comunidade Financeira Africana).1

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre economia é um esboço relacionado ao Projeto Ciências Sociais. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.