Frank Ocean

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Frank Ocean
Informação geral
Nome completo Christopher Francis Ocean
Nascimento 28 de Outubro de 1987 (26 anos)
Origem Nova Orleães
País  Estados Unidos
Gênero(s) R&B, Soul[1] [2] [3]
Instrumento(s) Vocais, instrumento de teclas
Período em atividade 2007–atualmente
Outras ocupações Cantor, compositor, rapper
Gravadora(s) The Island Def Jam Music Group
Afiliação(ões) Jay-z, Kanye West, Beyoncé Knowles, Tyler, The Creator, Earl Sweatshirt
Página oficial Site Oficial

Christopher Francis Ocean (Nova Orleães, 28 de outubro de 1987), mais conhecido por seu nome artístico Frank Ocean é um cantor e compositor norte-americano. Iniciou a sua carreira como Escritor-fantasma para vários artistas como Brandy Norwood, Justin Bieber e John Legend. Em 2010, ele se tornou um membro do grupo de hip hop alternativo OFWGKTA, e seu mixtape de estréia, Nostalgia, Ultra, foi lançado no ano seguinte para à aclamação da crítica. Ele lançou dois singles: "Novacane" e "Swim Good", ambos tornaram-se sucesso nas paradas musicais. O mixtape trouxe à atenção de Kanye West, Jay-Z e Beyoncé Knowles. Ocean participou do álbum Watch the Throne dos dois primeiros citados e escreveu a canção "I Miss You" da terceira citada. Frank também co-escreveu a faixa "Superpower" para o último álbum auto-intitulado (BEYONCÉ) da Cantora.

Em 2012, a BBC anunciou que Ocean terminou em segundo lugar na enquete Sound of... de 2012.[4] Aparecendo nos Festival Coachella e programado para participar do Lollapalooza, Ocean deu inicio à uma turnê de verão.[5] Seu primeiro álbum de estúdio, Channel Orange lançado em julho de 2012 na loja online iTunes promoveu três singles: "Thinkin Bout You", "Pyramids", e "Sweet Life". Ocean tornou-se o primeiro artista de R&B e hip hop a revelar que se relacionava com pessoas do mesmo sexo após à indústria ficar conhecida como homofobica.[6] [7]

Primeiros anos de vida[editar | editar código-fonte]

Ocean nasceu sob o nome de Christopher "Lonny" Breaux em 28 de outubro de 1987, em Long Beach, Califórnia.[8] Quando tinha cerca de cinco anos, ele e sua família se mudou para Nova Orleães, Louisiana. Ele cresceu em torno da cena de jazz local e escutou CDs de sua mãe em seu estéreo do carro, incluindo álbuns de Celine Dion, Anita Baker, e a trilha sonora O Fantasma da Ópera. Quando adolescente, Ocean fez serviços para vizinhança por dinheiro e os economizou para alugar estúdios. Conforme ele lembrou: "Oh homem eu tinha numerosos serviços [...] Lavar carro era um deles, cortar gramados e caminhar com cães."[3] Ocean estudou na Universidade de Nova Orleães até deixa-la em 2005.[3]

Carreira[editar | editar código-fonte]

2005-10: Inicio em Los Angeles[editar | editar código-fonte]

Em 2005, devido ao furacão Katrina à cidade natal de Ocean foi saqueada e destruído por uma enchente.[9] Para continuar à gravação de suas músicas, ele se mudou para Los Angeles e pretendia ficar por seis semanas.[9] [3] No entanto, após se aclimatando-se com os círculos da indústria da música, Ocean planejou ficar mais tempo e desenvolver sua carreira musical o estado.[9] Ele gravou nos estúdios de seu amigo demos que futuramente foram vendidas e utilizadas em seu primeiro álbum de estúdio.[3] Depois de obter um acordo de composição, ele começou a trabalhar com outros produtores de discos e escrevu músicas para artistas como Justin Bieber, John Legend, e Brandy Norwood.[9] [3] Ocean comentou mais tarde sobre seu trabalho na época: "Houve um momento onde eu estava compondo para outras pessoas, e que poderia ter sido confortável a continuar fazendo isso e aproveitar esse fluxo de renda bem como do anonimato. Mas não foi por isso que eu me afastei da escola e de minha família."[9]

Depois de encontrá-los em 2009 através de redes, Ocean juntou-se ao grupo de Los Angeles OFWGKTA, também conhecido como Odd Future.[10] [11] Um dos membros da banda, Tyler, The Creator revigorou algumas composições.[12] No final de 2009, encontrou-se com Tricky Stewart, que ajudou a assinar um contrato com à Def Jam Recordings desta vez como artista solo, mas ele foi inicialmente incapaz de construir uma relação com a empresa.[11] [13] [14] Em 2010, através de um site legal, ele mudou seu nome de Christopher Breaux para Christopher William Francis Ocean, que foi inspirado em parte pelo filme da década de sessenta Onze homens e um segredo.[11] [12]

2011-presente: Nostalgia, Ultra e Channel Orange[editar | editar código-fonte]

Ocean se apesentando no Festival Coachella em 2012

Ocean escreveu músicas para Justin Bieber, John Legend, Brandy Norwood e Beyoncé Knowles.[11] [15] [16] Ele também trabalhou com Nas e Pharrell Williams.[17] [18] [19] Em 16 de fevereiro de 2011, Ocean lançou seu primeiro mixtape Nostalgia, Ultra, o qual recebeu críticas favoráveis.[11] [14] O mixtape baseá-se em relações interpessoais, reflexões pessoais e críticas à sociedade.[11] Andrew Noz da National Public Radio, escreveu que as composições de Ocean são inteligentes e sutis - o que as diferencia das outras.[20] Jonah Weiner da Rolling Stones, disse que Ocean era um "talento pioneiro de R&B."[21] Em abril de 2011, o interprete afirmou que sua relação com à gravadora Def Jam Recordings havia sido reforçada desde o lançamento do mixtape.[10]

Ocean fez uma aparição no videoclipe da canção "She" do compatriota Tyler, The Creator, contida no segundo álbum de estúdio do artista, Goblin (2011).[22] [23] Sua primeira apresentação foi em colaboração com Odd Future no Coachella Valley Music and Arts Festival, onde mais tarde se juntou à eles para sua primeira turnê em toda a costa leste dos Estados Unidos.[24] Em 19 de maio, 2011 Ocean anunciou que ele e à gravadora Def Jam estavam pensando em relançar o mixtape Nostalgia, Ultra, no formato de extended play (EP).[25] O lançamento do primeiro single "Novacane" decorreu em maio de 2011 e o lançamento do EP estava previsto para o mês seguinte, todavia foi adiado.[26] [27] Em junho de 2011, Ocean revelou que estava trabalho com os rapper Kanye West e Jay-z na colaboração do álbum Watch the Throne.[28] Ocean co-escreveu e participou de duas faixas do álbum: "No Church in the Wild" e "Made in America".[29] [30]

Em 28 de julho de 2011, uma canção intitulada "Thinking About You" vazou na internet.[31] Mais tarde foi revelado que a canção era uma faixa de referência, escrita por Ocean, para à gravadora Roc Nation e faria parte do álbum de estréia de Bridget Kelly.[32] Kelly renomeou à canção para "Thinking About Forever".[33] Em setembro de 2011, um vídeo musical dirigido por High5Collective sob a versão de Ocean foi lançado, mas a música ainda apareceu no EP de estréia de Kelly, Every Girl (2011).[34] Em março de 2012, uma versão remasterizada de "Thinking About You" vazou, destinada à ser um single.[35]

Ente julho e agosto de 2012, Ocean foi ato de abertura de 11 datas da excursão musical Mylo Xyloto Tour nos países europeus Inglaterra, Alemanha, Polônia e França. Na Holanda, Suécia, República Tcheca e Dinamarca dividiu à abertura com o grupo Marina and the Diamonds.[36] Em 8 de junho do mesmo ano, o primeiro single do álbum, "Pyramids" foi disponibilizado na loja virtual iTunes.[37] Em 10 de julho, ele interpretou à canção "Bad Religion" no programa televisivo Late Night with Jimmy Fallon.[38] No mesmo dia ele lançou seu primeiro álbum de estúdio Channel Orange nas lojas virtuais iTunes e Amazon, além de ter disponibilizado gratuitamente em seu site oficial.[39] [40]

Discografia[editar | editar código-fonte]

A discografia de Frank Ocean consiste em um álbum de estúdio, um mixtape e sete singles (incluindo dois como artista convidado) e seis vídeos.

Em fevereiro de 2011, lançou seu primeiro mixtape intitulado Nostalgia, Ultra que promoveu dois singles; "Novacane" que alcançou a octagésima segunda colocação na Billboard Hot 100 e a décima sétima na Hot R&B/Hip-Hop Songs e "Swim Good" que falhou em alcançar o mesmo desempenho da anterior atingindo apenas a septuagésima posição na segunda citada.[41] [42] [43]

Em julho de 2012, o primeiro álbum de estúdio do cantor intitulado Channel Orange foi distribuído e teve boas posições nas tabelas musicais. Obteve a primeira colocação na Noruega, a segunda nas britânica UK Albums Chart, estado-unidense Billboard 200 e na dinamarquesa Hitlisten. Também alcançou o terceiro posto na canadense Canadian Albums Chart e a décima terceira da holandesa Dutch Albums Chart. Na irlandesa Irish Albums Chart, neozelandesa New Zealand Albums Chart e a australiana Australian Albums Chart obtive as décima quarta, décima quinta e a décima oitava, respectivamente.[44] "She" com Tyler, The Creator e "No Church in the Wild" com Jay-z e Kanye West foram duas faixas promocionais lançadas ao fim de 2011 e inicio de 2012, que foram sucedidas por "Thinkin Bout You", "Pyramids" e "Sweet Life" do álbum do artista.

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Em 4 de julho de 2012, publicou uma carta aberta em sua página oficial do blog Tumblr contando os sentimentos não correspondidos que tinha por um outro jovem, quando ele tinha 19 anos, citando-o como seu primeiro amor verdadeiro.[6] Ele usou o blog para agradecer ao homem pela influência, e também agradeceu a sua mãe e outros amigos, dizendo: "Eu não sei o que acontece agora, e isso é certo [sic]. Eu não tenho nenhum segredo que eu precise manter ... Eu me sinto como um homem livre."[45]

Os membros da indústria do hip hop em geral responderam positivamente ao anúncio.[46] Russell Simmons, um magnata de negócios na indústria do hip hop, escreveu "felicitações" em um artigo para o Global Grind, dizendo que "Hoje é um grande dia para o hip-hop. É um dia que vai definir quem realmente somos. Quanto compassivo estaremos? Quanto tempo podemos ser? Como inclusive somos nós? [...] A decisão de ir a público falar sobre sua orientação sexual dá esperança e luz para tantos jovens que ainda vivem com medo."[47] [48] Outros artistas que expressaram apoio incluem Beyoncé e Jay-Z.[49] Tyler, The Creator e os outros membros do OFWGKTA também saíram em defesa de Ocean.[50]

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Trabalho Resultado
2011 GQ Novato do Ano Ele Mesmo Venceu
BET Hip Hop Awards Indicado
Melhor Mixtape Nostalgia, Ultra Indicado
Soul Train Music Awards Melhor Novo Artista Ele Mesmo Indicado
2012 Grammis Álbum Internacional do Ano Nostalgia, Ultra Indicado
MTV Video Music Awards Melhor Direção "Swim Good" Indicado
Melhor Vídeo Masculino Indicado
Melhor Novo Artista Indicado

Referências

  1. Noz, Andrew (21 de abril de 2011). Frank Ocean: Smart And Subtle R&B Songwriting (em inglês) NPR. Página visitada em 6 de dezembro de 2011.
  2. Fennessey, Sean (23 de março de 2011). Love vs. Money: The Weeknd, Frank Ocean, and R&B's Future Shock (em inglês) The Village Voice Blogs. Village Voice Media. Página visitada em 12 de junho de 2012.
  3. a b c d e f Jeffries, David. Frank Ocean - Music Biography, Credits and Discography (em inglês) Allmusic. Rovi Corporation. Página visitada em 13 de julho de 2012.
  4. Sound of – 2012 – Frank Ocean (em inglês) BBC (1 de janeiro de 2012). Página visitada em 3 de abril de 2012.
  5. Frank Ocean’s Summer Tour Sold Out (em inglês) BET. Página visitada em 11 de julho de 2012.
  6. a b Frank Ocean (4 de julho de 2012). thank you's (em inglês) Tumblr. Cópia arquivada em 5 de agosto de 2012.
  7. Frank Ocean effect: What happens when a hip hop artist confesses same sex love? (em inglês). Página visitada em 11 de julho de 2012.
  8. Erro de citação: Tag <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs chamadas bbc
  9. a b c d e Youngs, Ian (1 de junho de 2012). Sound of 2012: Frank Ocean (em inglês) BBC. BBC Online. Página visitada em 6 de julho de 2012.
  10. a b Nadeska Alexis (21 de abril de 2012). Odd Future’s Frank Ocean Does Not Make R&B – BlackBook (em inglês) Blackbookmag.com. Página visitada em 28 de abril de 2012.
  11. a b c d e f Baker, Ernest (18 de março de 2011). In His Own Words: Who is Frank Ocean? Complex Magazine. Página visitada em 28 de abril de 2011.
  12. a b Shepherd, Julianne Escobedo. (17 de abril de 2012). "Frank Ocean Has a Cold" (em inglês). Página visitada em 14 de julho de 2012.
  13. Fennessey, Sean (23 de março de 2011). Love vs. Money: The Weeknd, Frank Ocean, and R&B's Future Shock (em inglês) The Village Voice. Página visitada em 28 de abril de 2011.
  14. a b Meatto, Keith (15 de março de 2011). Swimming with Frank Ocean – A review of Nostalgia, ULTRA (em inglês) FrontPsych.com. Página visitada em 28 de abril de 2011.
  15. Frank Ocean in the Studio with Beyoncé Complex. Página visitada em 28 de abril de 2011.
  16. Beyoncé – 4 (CD, Album) at Discogs Discogs.com (24 de junho de 2011). Página visitada em 18 de agosto de 2011.
  17. Nas Hits the Studio with Frank Ocean Rap-Up.com (23 de abril de 2011). Página visitada em 28 de abril de 2011.
  18. Markman, Rob (29 de abril de 2011). Nas Calls Odd Future's Frank Ocean 'New, Fresh' – Music, Celebrity, Artist News MTV. Página visitada em 20 de maio de 2011.
  19. Horowitz, Steven (2 de maio de 2011). Pharrell In The Studio With OFWGKTA's Frank Ocean Hip Hop DX. Página visitada em 3 de maio de 2011.
  20. Noz, Andrew (21 de abril de 2011). Frank Ocean: Smart And Subtle R&B Songwriting NPR. Página visitada em 28 de abril de 2011.
  21. By Jonah Weiner (28 de abril de 2011). The New Wu-Tang Clan: Odd Future | Rolling Stone Music Rollingstone.com. Página visitada em 7 de maio de 2011.
  22. BTS: Tyler The Creator x Frank Ocean – 'She' The Source. Página visitada em 28 de abril de 2011.
  23. On Set of Tyler, the Creator and Frank Ocean’s ‘She’ Video Rap-Up.com (18 de outubro de 2011). Página visitada em 28 de abril de 2012.
  24. Frank Ocean Joining Odd Future For East Coast Tour! | News | Frank Ocean | Artists | Def Jam Island Def Jam (27 de maio de 2011). Página visitada em 7 de junho de 2011.
  25. Def Jam To Rerelease Frank Ocean's 'Nostaliga, Ultra' The Source. Página visitada em 20 de maio de 2011.
  26. Danielle. Frank Ocean To Release "Nostalgia, Ultra" Mixtape In Stores " Hip-Hop Wired: Keeping You Informed With The Latest on Hip-Hop Culture, Rappers, Hip Hop News, Rap and Entertainment News, Black Politics, Video Vixens, Music Reviews and Urban Lifestyle… Hiphopwired.com. Página visitada em 20 de maio de 2011.
  27. Is nostalgia LITE still dropping 7/26? (24 de julho de 2011).
  28. » by Mark Iraheta June 11, 2011, 12:43am. Frank Ocean to Work With Kanye West & Jay-Z on "Watch The Throne" Complex. Página visitada em 11 de junho de 2011.
  29. ‘Watch the Throne’ Production Credits Revealed Rap-Up.com (2011-07-18). Página visitada em 2011-08-18.
  30. JAY Z* & Kanye West – Watch The Throne (File, Album) at Discogs Discogs.com (12 de outubro de 2011). Página visitada em 18 de outubro de 2011.
  31. MP3: Bridget Kelly – Thinking About Forever – TheNext2Shine:Exclusive RNB Music Downloads Blog.thenext2shine.com. Página visitada em 5 de outubro de 2011.
  32. ‘Bridget Kelly – Thinking About Forever 2DopeBoyz.com (15 setembro de 2011). Página visitada em 15 de outubro de 2011.
  33. Bridget Kelly – Thinking About Forever (Acoustic Video) 2DopeBoyz.com (15 de setembro de 2011). Página visitada em 15 de setembro de 2011.
  34. Frank Ocean – Thinking Of You (Video) 2DopeBoyz.com. Página visitada em 15 de setembro de 2011.
  35. Frank Ocean – Thinking About You cloudmusiq.com (8 de março de 2011). Página visitada em 8 de março de 2011.
  36. Pelly, Juan. Frank Ocean to Open for Coldplay Pitchfork Media. Página visitada em 5 de março de 2012.
  37. Hogan, Marc (8 de junho de 2012). Frank Ocean Hints at 'Channel Orange' Release 'Spin'. Spin Media LLC. Página visitada em 4 de agosto de 2012.
  38. Breihan, Tom. Watch Frank Ocean’s Stunning Fallon Performance Stereogum. Página visitada em 10 de julho de 2012.
  39. Clark, Matt (10 de julho de 2012). Frank Ocean 'Channel Orange" Album Free Stream and Download Now Online GatherInc. Página visitada em 11 de julho de 2012.
  40. Frank Ocean Introduces Channel Orange Pitchfork. Página visitada em 12 de julho de 2012.
  41. Frank Ocean Album & Song Chart History: Hot 100 Billboard. Prometheus Global Media. Página visitada em 1 de agosto de 2012.
  42. Frank Ocean Album & Song Chart History: R&B/Hip-Hop Songs Billboard. Prometheus Global Media. Página visitada em 1 de agosto de 2012.
  43. Andy Kellman. Nostalgia, Ultra – Frank Ocean Allmusic. Rovi Corporation. Página visitada em 1 de agosto de 2012.
  44. Frank Ocean - Channel Orange (em inglês) Acharts.us. Página visitada em 6 de agosto de 2012.
  45. Diversos sites que repostaram os comentários de Ocean.
  46. Frank Ocean's Sexual Declaration: Will It Spark Change In Hip-Hop Community? (em inglês) MTV. Página visitada em 12 de julho de 2012.
  47. Russell Simmons (4 de julho de 2012). The Courage Of Frank Ocean Just Changed The Game! Global Grind. Página visitada em 5 de agosto de 2012.
  48. here liveweb.archive.org (em inglês). Página visitada em 5 de agosto de 2012.
  49. Carter Maness (9 de julho de 2012). Beyonce Applauds Frank Ocean for Coming Out (em inglês) MTV. Página visitada em 10 de julho de 2012.
  50. Chen, Joyce. R&B Singer Frank Ocean Comes Out (em inglês) NY Daily News, Sexual Orientation Collection. NYDailyNews.com. Página visitada em 13 de julho de 2012.