Frankenweenie (2012)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Frankenweenie
Pôster promocional
 Estados Unidos
2012 • P&B • 87 min 
Direção Tim Burton
Produção Tim Burton
Allison Abbate
Roteiro John August
Baseado em Tim Burton
Lenny Ripps
Elenco Charlie Tahan
Winona Ryder
Martin Short
Catherine O'Hara
Género Animação, Ficção científica, comédia, terror
Idioma Inglês
Música Danny Elfman
Estúdio Walt Disney Pictures
Lançamento Estados Unidos 5 de outubro de 2012
Portugal 18 de outubro de 2012
Brasil 2 de novembro de 2012
Orçamento US$ 39 milhões[1]
Receita US$ 81 491 068[2]
Página no IMDb (em inglês)

Frankenweenie é um filme animado estadunidense dirigido por Tim Burton, lançado em 2012. É um remake do curta metragem homônimo de 1984. O longa-metragem preto e branco foi feito em stop motion e totalmente em 3D.[3] Esta também é a primeira produção de Tim Burton sem o ator Johnny Depp desde Peixe Grande e Suas Histórias Maravilhosas, e a primeira sem sua esposa e atriz Helena Bonham Carter desde A Lenda do Cavaleiro Sem Cabeça.[4] Uma mescla de comédia e terror, Frankenweenie parodia Frankenstein de Mary Shelley.[5]

História[editar | editar código-fonte]

Assim como o curta-metragem de 1984, Frankenweenie conta a história de Victor Frankenstein, um garoto que perde seu cão Sparky num acidente de carro. Após seu professor de ciências, o Sr. Rzykruski, ensinar sobre bioelectricidade, Victor tenta trazer Sparky de volta a vida.

A Noiva Cadáver[editar | editar código-fonte]

Há indícios de que o personagem Victor é o mesmo personagem interpretado por Johnny Depp no filme A Noiva Cadáver, Victor Van Dort, com uma aparência muito semelhante. Um cão semelhante a Sparky também aparece no mesmo filme quando Victor vai para o submundo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Personagem Estados UnidosDubladores Originais BrasilDubladores Brasileiros
Victor Frankenstein Charlie Tahan Marwin Lucas
Susan Frankenstein Catherine O'Hara Priscila Amorim
Menina Esquisita Pamella Rodrigues
Professora Maíra Góes
Edward Frankenstein Martin Short Hércules Fernando
Sr. Burgemeister Mauro Ramos
Nassor Thiago Fagundes
Sr. Rzykruski Martin Landau Pietro Mário
Edgar "E" Gore Atticus Shaffer João Victor Granja
Elsa van Helsing Winona Ryder Natalia Couto
Bob Robert Capron Eduardo Drummond
Toshiaki James Hiroyuki Liao Charles Emmanuel
Mãe do Bob Conchata Ferrell Vânia Alexandre

Nota: Em Portugal, o filme foi legendado, mantendo as vozes originais.

Produção[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Embora Tim Burton tenha assinado com a Disney para dirigir dois filmes em Disney Digital 3D, incluindo Alice no País das Maravilhas e o remake de Frankenweenie, o desenvolvimento de sua versão longa-metragem em stop-motion data desde novembro de 2005, quando os scripts haviam sido feitos por Josann McGibbon e Sara Parriott.[6] John August foi abordado para uma reescrita em 2006, [7] mas não foi contratado até janeiro de 2009. Como o original, esta versão foi filmada em preto e branco. Muitos dos artistas de animação e a equipe de A Noiva Cadáver estavam envolvidos. [8] Além de aproveitar elementos de seu projeto anterior, Burton também emprestou o design da personagem-título do seriado Family Dog para Sparky.[9]

Filmagens[editar | editar código-fonte]

Bonecos de Victor e Sparky em exposição na Fan Expo Canada 2012.

As filmagens começaram no Three Mills Studios, em julho de 2010.[10] A equipe criou três palcos de som gigantes, incluindo o sótão desordenado da família de Victor, o exterior de um cemitério e o interior de uma escola de ensino médio. Os estágios de som foram então divididos em 30 áreas distintas para lidar com o estilo artesanal quadro-a-quadro deste tipo de filmagem. Comparado a outros sets de animação em stop-motion, o de Frankenweenie é muito maior. Como observa IGN, o personagem principal, Sparky, teve que ser um “’cão proporcional’ em relação aos personagens humanos, mas também grande o suficiente para abrigar todos os elementos do esqueleto mecânico posto dentro de sua espuma e várias encarnações com base de silício". Por outro lado, as peças são pequenas e delicadas, e em alguns casos, foi necessário que relojoeiros suíços criassem as porcas e os parafusos pequenos. Cerca de 200 bonecos foram usados separadamente, com umas 18 versões diferentes de Victor. Os bonecos também têm cabelo humano, com 40, 45 articulações para os personagens humanos e cerca de 300 peças para Sparky.[11] [12] [13]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Dois álbuns da trilha sonora do filme serão lançados: Frankenweenie: The Original Motion Picture Soundtrack, composto e orquestrado por Danny Elfman, e Frankenweenie Unleashed!, que contém quatorze faixas de diversos artistas, incluindo "Strange Love", de Karen O, contida nos créditos finais do longa-metragem.[14] [15]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Crítica[editar | editar código-fonte]

O filme recebeu críticas em sua maioria positivas. Baseado em 179 comentários, o filme detém atualmente uma classificação de 88% no agregador Rotten Tomatoes, com uma classificação média de 7.6/10. O consenso crítico do site afirma: "Frankenweenie é uma paródia de filmes de terror em stop-motion cheia de energia, com efeitos visuais amorosamente trabalhados e uma história assumidamente excêntrica".[16] O Metacritic, que atribui uma pontuação média normatizada em 100 opiniões de críticos mainstream, dá o filme uma pontuação de 75 com base em 35 avaliações.[17]

Justin Chang, da Variety, reagiu positivamente ao filme, dizendo que "evidencia um nível de disciplina e coerência artística ausentes nos esforços recentes do diretor com stop-motion".[18] Todd McCarthy, do Hollywood Reporter, deu ao filme um comentário medíocre, afirmando que enquanto os vários elementos criativos do filme "prestam homenagem a um estilo de filmagem amadora antiga", o filme em sua maioria parece "como da segunda geração de fotocópias de coisas que Burton fez antes".[19] Roger Ebert deu ao filme três de quatro estrelas, comentando que o filme "não é um dos melhores do Burton, mas tem uma energia desvelada" e que "o charme de um menino e seu cão mantém o seu apelo".[20]

Bilheteria[editar | editar código-fonte]

Durante sua semana de estreia, Frankenweenie foi o quinto colocado entre outros filmes arrecadando 11,5 milhões de dólares. A partir de 9 de dezembro, o filme já arrecadava 66 168 379 mundialmente.[2]

Referências

  1. http://www.latimes.com/entertainment/envelope/cotown/la-et-ct-box-office-taken-2-frankenweenie-20121004,0,4303930.story
  2. a b Frankenweenie (2012) Box Office Mojo. Visitado em 15 de março de 2014.
  3. Tim Burton começará a produção da refilmagem de Frankenweenie entretenimento.r7.com. Visitado em 4 de dezembro de 2010.
  4. Informações e curiosidades sobre Frankenweenie (2012) no AdoroCinema. Página visitada em 05-06-2012.
  5. Wheeler, Jeremy. Frankenweenie Allmovie. Visitado em September 26, 2012.
  6. Denise Martin. "USA eyes Grazer's Wife", Variety, 15-11-2005. Página visitada em 15-08-2008.
  7. Frankenweenie John August.com (27-11-2007). Visitado em 31-10-2008.
  8. Kit, Borys. "John August tackling two film projects", 21 de janeiro de 2009. Página visitada em 23 de janeiro de 2012.
  9. Smithson, Sean. "NEW ONE SHEET FOR TIM BURTON'S FRANKENWEENIE", 2 de fevereiro de 2012. Página visitada em 6 de março de 2012.
  10. Nick de Semlyen. "Exclusive: The Lion King To Go 3D!", Empire, 22-6-2010. Página visitada em 27-12-2010.
  11. Singer, Leigh. "The Magic of Tim Burton's Frankenweenie", 13 de dezembro de 2011. Página visitada em 16 de dezembro de 2011.
  12. "Tim Burton Brings Frankenweenie Back to Life & We Got to Witness the Resurrection!", 14 de dezembro de 2011. Página visitada em 16 de dezembro de 2011.
  13. Hubschman, Daniel. "Frankenweenie Set Visit Report Pt. 1", 13 de dezembro de 2011. Página visitada em 16 de dezembro de 2011.
  14. Morin, Natalie (3 de agosto de 2012). Album Art Exclusive: 'Frankenweenie Unleashed' (em inglês) Rolling Stone. Visitado em 10 de agosto de 2012.
  15. Karen O e Winona Ryder na banda-sonora de «Frankenweenie» Diário Digital SAPO (10 de agosto de 2012). Visitado em 10 de agosto de 2012.
  16. Frankenweenie – Movie Reviews – Rotten Tomatoes Rotten Tomatoes. Visitado em 2 de outubro de 2012.
  17. Frankenweenie – Metacritic Metacritic. Visitado em 2 de outubro de 2012.
  18. Chang, Justin (20 de setembro de 2012). Variety Reviews - Frankenweenie Variety. Visitado em 2 de outubro de 2012.
  19. McCarthy, Todd (20 de setembro de 2012). Frankenweenie: Film Review The Hollywood Reporter. Visitado em 2 de outubro de 2012.
  20. Ebert, Roger (3 de outubro de 2012). Roger Ebert – Frankenweenie review 1 pp.. Visitado em 4de outubro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.