František Straka

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Straka
Straka
Informações pessoais
Nome completo František Straka
Data de nasc. 28 de maio de 1958 (57 anos)
Local de nasc. České Budějovice,  Tchecoslováquia
Nacionalidade Tcheco e alemão
Altura 1,82 m
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Defensor
Clubes de juventude
1966–1977 Tchecoslováquia České Budějovice
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1977–1979
1979–1988
1988–1991
1991–1992
1992–1996
1996–1998
Tchecoslováquia Dukla Tachov
Tchecoslováquia Sparta Praga
Alemanha Borussia Mönchengladbach
Alemanha Hansa Rostock
Alemanha Wuppertaler
Alemanha SCB Preußen Köln
- (-)
233 (10)
81 (1)
34 (0)
64 (3)
35 (8)
Seleção nacional
1983–1990 Flag of Czechoslovakia.svg Tchecoslováquia 35 (0)
Times/Equipas que treinou
1999–2001
2003–2004
2004
2005
2006
2006–2007
2007–2008
2008
2009
2009–2010
2010–2011
2011
2011–2012
2013
2014
Alemanha Wuppertaler
República Checa Teplice
República Checa Sparta Praga
Alemanha Ahlen
República Checa Viktoria Plzeň
Alemanha Wacker Tirol
República Checa České Budějovice
Grécia OFI Creta
Bandeira da República Tcheca República Tcheca
Eslováquia Ružomberok
Austrália North Queensland Fury
Polónia Arka Gdynia
República Checa Slavia Praga
República Checa Příbram
Eslováquia Slovan Bratislava

František Straka (České Budějovice, 28 de maio de 1958) é um ex-futebolista e treinador de futebol tcheco que atuava como defensor.

Destacou-se com o Sparta Praga, clube que defendeu entre 1979 e 1988 (233 jogos e dez gols marcados). Jogou ainda por Dukla Tachov, Borussia Mönchengladbach, Hansa Rostock, Wuppertaler e SCB Preußen Köln, onde parou em 1998, aos quarenta anos.

Seleção[editar | editar código-fonte]

Com a Seleção Tchecoslovaca de Futebol, pela qual estreou em 1983, Straka participou da Copa do Mundo de 1990, disputando três partidas.

Após o torneio, Straka não foi mais convocado até a separação do país em República Tcheca (pela qual não chegou a ser convocado) e Eslováquia, em 1993. Pela Seleção, participou de 35 jogos[1] .

Carreira de técnico[editar | editar código-fonte]

Em 1999, Straka deu início à carreira de técnico, no Wuppertaler SV. Comandou outras treze equipes, incluindo a Seleção Tcheca de Futebol, treinada por ele em 2009. Ao ser escolhido como novo técnico do Slavia Praga, no lugar de Michal Petrouš[2] , causou polêmica: torcedores do Slavia não aprovaram a contratação, por conta de sua ligação com o Sparta[3] , cujos torcedores também não gostaram de vê-lo comandando o maior rival, considerando o ato uma traição[4] . Ele ficou apenas cinco meses no comando técnico dos "Červenobílí", permanecendo parado no restante de 2012. Atualmente, comanda o 1. FK Příbram desde março de 2013[5] .

Dupla nacionalidade[editar | editar código-fonte]

Por conta de seu período de uma década jogando na Alemanha, Straka (que possui fluência na língua alemã) recebeu a dupla cidadania por este motivo - seu primeiro nome (František) em alemão é Franz.

Links[editar | editar código-fonte]

Referências

Bandeira de República ChecaSoccer icon Este artigo sobre futebolistas tchecos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.