Franz Rosenzweig

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Franz Rosenzweig (1886–1929) é um dos mais importantes filósofos-teólogos do século XX. Influenciou importantes pensadores como Walter Benjamin e Emmanuel Lévinas, entre outros.

Nasceu em Kassel (Alemanha), numa família judia assimilada, recebeu educação universitária em medicina, história e filosofia. Dois acontecimentos mudaram sua vida: a I Guerra Mundial e sua redescoberta do judaísmo. Sua participação direta à guerra lhe confirmou sua reservas no que diz respeito à filosofia da história de Hegel, que justifica a morte dos indivíduos em nome de causas superiores.

A obra prima de Rosenzweig é "A estrela da Redenção". Nela Rosenzweig analisa como a unicidade de cada ser humano, a realidade do mundo e a transcendência de Deus põem em xeque a idéia de totalidade, mostrando como estas três singularidades encontram sentido uma em relação à outra. A criação religa o mundo a Deus, a revelação permite que o ser humano seja orientado pela Palavra divina e a Redenção lhe dá como tarefa de salvar o mundo, essencialmente pelo amor.

No Brasil, a editora Perspectiva publicou em 1999 o primeiro estudo consagrado ao autor, de autoria de Ricardo Timm de Souza: "Existência em decisão: uma introdução ao pensamento de Franz Rosenzweig".