Frederico II, Eleitor da Saxônia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Frederico II de Saxe nasceu em Lípsia em 22 de agosto de 1412 e morreu em 7 de setembro de 1464 em Lípsia. Membro da dinastia Wettin, era um dos sete filhos de Frederico I de Wettin (1370-1428 Altemburgo) apelidado o Belicoso, der Streitbare, e sua esposa desde 1402 Catarina de Brunsvique-Luneburgo, filha de Henrique I, Duque de Brunswick.

Apelidado o Manso, o Plácido, em alemão der Sanftmuetige. Foi príncipe-eleitor da Saxônia e conde palatino da Saxônia desde 1428, conde de Turíngia de 1440 a 1445, Marquês da Mísnia (Meissen) em 1440.

Casamento e posteridade[editar | editar código-fonte]

Frederico se casou em 3 de junho de 1431 em Lípsia com Margarida da Áustria ou de Habsburgo (nascida em Viena circa 1416 e morta em 12 de fevereiro de 1486 em Altemburgo, filha de Ernesto I, Duque de Carniola.

Tiveram oito filhos. Em 1485, seus dois filhos Ernesto e Alberto dividiram entre si os territórios do pai: Ernesto, Eleitor de Saxe, ficou com a Turíngia, Magdeburgo e Saxônia; o caçula, Alberto de Saxe, Marquês de Mísnia, tomou Meissen e se tornaria em 1488 Stathouder dos Países Baixos.

Desses dois filhos de Frederico II nasceram dois ramos principais da dinastia de Wettin:

Ícone de esboço Este artigo sobre história da Alemanha é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.