Frederico III da Sicília

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Brasão de Armas do Ducado de Atenas.

Frederico III da Sicília ou Frederico II de Atenaso Simples" (1341 - 1377) foi Duque de Atenas. Esteve à frente dos destinos do ducado de 1355 até 1377. Teve como substituto Rogério de Flor de 1362 a 1370.

Frederico o Fadrique III da Sicília (1 de setembro de 1341 - 27 de janeiro de 1377), apelidado "o simples", foi rei da Sicília desde 1355 até 1377. Era o segundo filho de Pedro II da Sicília e de Isabel de Coríntia. Sucedeu seu irmão Luís no trono do reino.

Nos primeiros anos do reinado de Frederico o simples estão cheios de guerras repetitivas contra o reino de Nápoles. Em 1372 chegou-se a um acordo nos términos de pacificação com Nápoles e a Santa Sé. Frederico conseguiu ser reconhecido como rei tributário de Trinácria.

Frequentemente confunde-se Frederico o simples com um monarca anterior, Frederico II que escolheu chamar-se "Frederico III" já que era o terceiro filho de outro rei, Pedro o Grande ainda que na realidade era o segundo monarca siciliano que levava o nome de Frederico.

Frederico o simples casou-se com Constança de Aragão, filha de Pedro IV de Aragão. De seu matrimônio nasceu uma única filha, Maria.


Precedido por:
Reino da Sicília
Luís da Sicília
Ducado de Atenas
Frederico I de Atenas
Reino da Sicília
(1355-1377)
Ducado de Atenas
(1355-1377)
Sucedido por:
Maria da Sicília


Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre História da Grécia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.