Free jazz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa. Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.
Free jazz
Origens estilísticas Jazz
Contexto cultural 1950s EUA
Instrumentos típicos Saxofone, Trompete, Trombone, Piano, Guitarra, Contrabaixo, Bateria)s
Formas derivadas Modern Creative, Loft jazz, Rock Experimental
Gêneros de fusão
Post-metal - Rock Progressivo - Punk jazz
Formas regionais
Free Jazz Europeu
Outros tópicos
Avant-garde jazz

Free Jazz ou "New Thing", como foi chamado mais tarde,[1] é um estilo de jazz criado nos Estados Unidos da América, por músicos afro-americanos como John Coltrane e Rashied Ali, originário do Bebop, e que propunha uma liberdade de improvisação musical total do músico e de uma diferenciação de atitude musical da música produzida pelos anglo-americanos.

Tinha influência da música contemporânea produzida pelo compositor americano John Cage e conceitos musicais como atonalismo ou música aleatória. Vários músicos internacionais seguiram esta tendência durante as décadas de 1960 e 1970 , principalmente aqueles que ideologicamente se identificavam com a questão do Movimento dos Direitos Civis nos EUA àquela época. Incluem-se músicos como o argentino Gato Barbieri, os ingleses John McLaughlin e Tony Oxley, os alemãos Peter Brötzmann e Theo Jörgensmann a austríaca Das erste Wiener Gemüseorchester, os americanos Sun Ra e o brasileiro Hermeto Pascoal entre os mais representativos no mundo.

Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre Jazz é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.