Frente Alemã para o Trabalho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bandeira da DAF.
Cartaz de propaganda.

A Frente Alemã para o Trabalho (em alemão: Deutsche Arbeitsfront, DAF) foi uma organização alemã criada em substituição aos sindicatos, suprimidos em maio de 1933 pelo Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães (partido nazista). Presidida por Robert Ley, reunia em seu seio tanto trabalhadores como empresários, e prescindia da luta de classes empreendida pelas organizações de inspiração marxista.[1]

Chegou a ter 25 milhões de afiliados e foi de grande influência na máquina estatal.

Referências

  1. Otto Kleinschmidt: Chronik: Gewerkschaften im Oberwesterwald, Kapitel 5, 3. Auflage 2004

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Frente Alemã para o Trabalho