Friedrich Gustav Jakob Henle

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Friedrich Gustav Jakob Henle
Medicina
Nascimento 9 de julho de 1809
Local Fürth
Morte 13 de maio de 1885 (75 anos)
Local Göttingen
Atividade
Campo(s) Medicina

Friedrich Gustav Jakob Henle (Fürth, 9 de julho de 1809Göttingen, 13 de maio de 1885) foi um médico, patologista e anatomista alemão. A ele é creditado o descobrimento da Alça de Henle, uma parte do rim. Seu ensaio "On Miasma and Contagia" foi um claro argumento para a teoria germinal da doença. Foi um pesquisador fundamental no desenvolvimento da moderna medicina.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Henle nasceu em Fürth, Baviera. De ascendência judaica, estudou medicina na Universidade de Heidelberg e em Bonn, onde recebeu seu diploma de médico em 1832; foi prossector em anatomia de Johannes Müller em Berlim. Ele trabalhou durante seis anos nesta posição e realizou vários trabalhos, incluindo três monografias sobre a anatomia de novas espécies de animais, e publicações sobre a estrutura do sistema linfático, a distribuição do epitélio no corpo humano, a estrutura e desenvolvimento do cabelo, a formação do muco e do pus, etc.

Em 1840 aceitou a cadeira de anatomista em Zurique, e em 1844 foi chamado para Heildelberg, onde lecionou não apenas anatomia, mas fisiologia e patologia. Neste periodo, ele se engajou no seu sistema completo de anatomia geral, a qual formou o sexto volume da nova edição do tratado de Samuel Thomas von Sömmering, publicado em Leipzig entre 1841 e 1844. Ao passo que, em Heildenberg, publicava uma monografia zoologica acerca de tubarões e raias, em parceria com seu tutor Müller, e em 1846 seu famoso Manual de Patologia Racional começa a aparecer; isto marca o início de uma nova era nos estudos patológicos, desde que em fisiologia e a patologia foram estudados, nas palavras do próprio Henle, como um dos ramos da ciência, e os fatos da doença estavam sistematicamente considerados como referência às suas relações fisiológicas.

Em 1852, mudou-se para Gotinga, onde publicou, três anos mais tarde, o seu Livro de Anatomia Humana Sistemática (Handbook of Systematic Human Anatomy). Este trabalho foi, talvez, o mais completo e abrangente do seu tempo, e era notável não apenas pela plenitude e pequenez de suas descrições anatômicas, mas também pelo número e excelência das ilustrações com as quais foram elucidadas a anatomia dos vasos sanguíneos, rins, olhos, unhas, sistema nervoso central, etc. Ele descobriu a Alça de Henle e os Túbulos de Henle, duas estruturas anatômicas dos rins.

Outros trabalhos nos campos da anatomia e da patologia associados ao seu nome:

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Ueber die Ausbreitung des Epithelium im menschlichen Körper (1838)
  • Allgemeine Anatomie: Lehre von den Mischungs- und Formbestandtheilen des menschlichen Körpers (1841)
  • Handbuch der rationellen Pathologie (1846-1853)
  • Handbuch der systematischen Anatomie des Menschen (1855-1871)
  • Vergleichend-anatomische Beschreibung des Kehlkopfes mit besonderer Berücksichtigung des Kehlkopfes der Reptilien (1839)
  • Pathologische Untersuchungen (1840)

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um cientista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.