Frigyes Karinthy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Frigyes Karinthy (Budapeste 24 de Junho de 1887Siófok, 29 de Agosto de 1938 foi um escritor húngaro.

Cultivou a sátira social e literária : Assim Escreveis (1912). Na obra Em Viagem à Volta do Meu Crânio (1937) descreveu de um modo humorístico um mundo dominado pelo cepticismo e o desespero.

É atribuída a Karinthy a primeira referência à Teoria dos seis graus de separação, que surge no texto com o nome original 'Cadeias', incluído na sua colecção de pequenas histórias 'Tudo é diferente' publicada em 1929. A personagem desta obra tenta, através de vários exemplos, mostrar que as pessoas estão ligadas por um pequeno número de ligações, o que veio a dar origem à célebre expressão 'seis graus de separação'[1].

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Barabasi, Albert-Laszlo. Linked: How Everything Is Connected to Everything Else and What It

Means for Business, Science, and Everyday Life. Nova Iorque: Plume Books, 2003. ISBN 0452284392.