Fritz Axtmann

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fritz Axtmann
Nascimento 7 de Dezembro de 1914
Rappenbügl-Burglengenfeld, Baviera
Morte 13 de setembro de 1943 (28 anos)
Kiev, União Soviética
Nacionalidade alemão
Serviço militar
Serviço Heer
Tempo de serviço 1933-1943
Patente Oberfeldwebel
Unidades Kompanie Truppeführer 7. / Infanterie-Regiment 20/10.Infanterie-Division
Batalhas/Guerras Segunda Guerra Mundial

Invasão da Polônia

Condecorações Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro 24 de agosto de 1941

Fritz Axtmann (7 de dezembro de 1914 - 13 de setembro de 1943) foi um oficial alemão que serviu na durante a Segunda Guerra Mundial. Foi condecorado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro.[1] [2]

Carreira militar[editar | editar código-fonte]

Axtmann entrou no 20. (Bayr.) Infanterie-Regiment situado em Ratisbona no dia 1 de abril de 1933, sendo em seguida transferido para a 7ª companhia do Infanterie-Regiments (mot.) 20, permanecendo nesta unidade até o início da Segunda Guerra Mundial, onde atuou na Invasão da Polônia e da Batalha da França, sendo condecorado com a Cruz de Ferro durante a campanha polonesa.[2]

Campanha Russa[editar | editar código-fonte]

Iniciou-se a campanha russa e a sua unidade foi reforçada e enviada para o fronte no dia 19 de julho de 1941 atuando nos arredores de Mogilew, tendo neste dia conseguido repelir 12 ataques russos.[2] O Oberfeldwebel Axtmann não conseguiu manter a sua unidade por muito tempo no local e foi forçado a recuar. Enquanto que a sua unidade recuava, Axtmann se tornou comandante da companhia por ordens do HKL, conseguindo desta forma retirar todos os seus soldados da área e evitar a destruição da unidade.

Após duas dois ataques sem sucesso, conseguiu no terceiro ataque forçar os russos a recuar, reocupando o território antes perdido e conseguindo tomar ao sul desta posição uma cabeã-de-ponte. Por estes atos, Axtmann foi condecorado com a Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro no dia 24 de agosto de 1941.[2] [1]

Falecimento[editar | editar código-fonte]

Foi ferido em combate no dia 5 de fevereiro de 1942 em Meldung foi transferido para a Genesenden-Kompanie do Infanterie-Ersatz-Bataillons (mot.) 20. Próximo de seu retorno do fronte, foi promovido para Leutnant no dia 1 de novembro de 1942 retornando no mês de maio de 1943 onde assumiu o comando da 3ª Companhia de seu regimento, pouco tempo depois assumiu o comando da 1ª Companhia. Foi gravemente ferido por um disparo na cabeça no dia 6 de setembro de 1943 em Ljutenka. Foi internado num hospital do 1/530 (R) em Kiev no dia 11 de setembro de 1943, vindo a falecer dois dias depois, 13 de setembro de 1943 às 05:15 horas, sendo sepultado no cemitério de Kiev.[2]

Foi promovido postumamente para a patente de Oberleutnant no dia 1 de setembro de 1943.[2]

Patentes[editar | editar código-fonte]

Oberfeldwebel
Leutnant 1 de novembro de 1942
Oberleutnant 1 de setembro de 1943

Condecorações[editar | editar código-fonte]

Cruz de Ferro 2ª Classe
Cruz de Ferro 1ª Classe
Badge de Feridos (1939) em Preto
Badge de Feridos (1939) em Prata
Medalha da Frente Oriental
Cruz de Cavaleiro da Cruz de Ferro 24 de agosto de 1941[3]

Referências

  1. a b WW2 Awards (em inglês) Fritz Axtmann.. Página visitada em 6 de dezembro de 2009.
  2. a b c d e f Ritterkreuzträger-1939-45 (em alemão) Fritz Axtmann.. Página visitada em 11 de julho de 2010.
  3. Fellgiebel 2000, p. 102.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Fellgiebel W.P., Elite of the Third Reich, The recipients of the Knight's Cross of the Iron Cross 1939-1945: A Reference, Helion & Company Limited, Solihull, 2003, ISBN 1-874622-46-9.
  • Fellgiebel, Walther-Peer (2000). Die Träger des Ritterkreuzes des Eisernen Kreuzes 1939-1945. Friedburg, Germany: Podzun-Pallas, 2000. ISBN 3-7909-0284-5.
  • Scherzer, Veit (2007). Ritterkreuzträger 1939 - 1945 Die Inhaber des Ritterkreuzes des Eisernen Kreuzes 1939 von Heer, Luftwaffe, Kriegsmarine, Waffen-SS, Volkssturm sowie mit Deutschland verbündeter Streitkräfte nach den Unterlagen des Bundesarchives (em alemão). Jena, Germany: Scherzers Miltaer-Verlag. ISBN 978-3-938845-17-2.