From Genesis to Revelation

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
From Genesis to Revelation
Álbum de estúdio de Genesis
Lançamento Março de 1969
Gravação Agosto de 1968
Gênero(s) Pop rock
Folk rock
Duração 43 min 25 seg
Gravadora(s) Decca Records
London Records
Produção Jonathan King
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de Genesis
Último
Último
Trespass
(1970)
Próximo
Próximo

From Genesis to Revelation foi o primeiro álbum da banda britânica Genesis, lançado em Março de 1969.

Foi produzido por Jonathan King, que havia descoberto a banda em 1967 enquanto os integrantes ainda cursavam a Charterhouse School.

História[editar | editar código-fonte]

Desde sua descoberta em 1967, o Genesis consistia em Peter Gabriel, Tony Banks, Mike Rutherford e Anthony Phillips, sem a presença de um baterista. Assim que uma de suas demos chamou a atenção de Jonathan, ele os conduziu a uma audição com Chris Stewart na bateria para gravar "The Silent Sun" como seu primeiro single. O lançamento em fevereiro de 1968 pela Decca Records, a mesma que contratou o The Rolling Stones na mesma época, não teve sucesso comercial. O single sucessor "A Winter's Tale" lançado três meses após também não teve sucesso. King insistiu e substituiu Chris Stewart por John Silver na bateria, e então a banda compôs um álbum com canções baseadas na Bíblia.

Seqüenciado como um álbum conceitual contínuo, o som produzido era bastante diferente de Trespass. Na época da gravação a idade dos integrantes variava entre 16 e 18 anos, e nenhum deles era considerado especialista em seu instrumento, sem sequer experiência em estúdio.

From Genesis To Revelation foi lançado com uma capa preta com o título em tipografia gótica em dourado. Era catalogado em lojas de música nas seções religiosas, sendo muito difícil de ser encontrado. Suas vendas iniciais foram modestas 600 cópias. Apesar de ser parte do título do álbum, o nome da banda foi omitido da capa pois a gravadora havia encontrado uma peça estadunidense também chamada Genesis, e requisitou à banda alterar seu nome para evitar confusão. Apesar disso King não aceitou a mudança [1] .

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as canções são creditadas à Tony Banks, Peter Gabriel, Anthony Phillips e Mike Rutherford.

  1. "Where The Sour Turns To Sweet" – 3:16
  2. "In The Beginning" – 3:44
  3. "Fireside Song" – 4:58
  4. "The Serpent" – 3:58
  5. "Am I Very Wrong?" – 3:31
  6. "In The Wilderness" – 3:39
  7. "The Conqueror" – 3:22
  8. "In Hiding" – 2:38
  9. "One Day" – 3:21
  10. "Window" – 3:33
  11. "In Limbo" – 3:30
  12. "Silent Sun" – 2:13

Faixas Bônus

  1. "A Winter's Tale" – 3:28
  2. "That's Me" – 2:37

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Notas

Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Genesis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.