Fronteira Brasil–Uruguai

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Fronteira Brasil-Uruguai)
Ir para: navegação, pesquisa
Fronteira terrestre entre
 Brasil
e Uruguai
O arroio Chuí serve de fronteira entre Brasil e Uruguai
Delimita:  Brasil e
Uruguai
Comprimento: 985 km
Posição: 76
Criação: 1828

A fronteira Brasil - Uruguai do sul do estado do Rio Grande do Sul se estende por 985 km desde a tríplice fronteira Brasil-Argentina-Uruguai a oeste até a foz do Arroio Chuí, ponto extremo Sul do Brasil;

No trecho oeste a fronteira é marcada pelo Rio Quaraí, afluente do Rio Uruguai e pelas "Coxilhas de Santana". No trecho mais a leste pelo Rio Jaguarão que desagua na Lagoa Mirim e pela porção sul dessa lagoa até o Chuí.

Existem duas áreas em disputa na fronteira entre o Brasil e o Uruguai, sendo elas a Ilha Brasileira e o Rincão de Artigas (interflúvio entre o Rio Quaraí e o Arroio Invernada). As duas áreas são administradas pelo Brasil, mas no entanto são reclamadas há décadas pelo Uruguai.

Algo que pouco marca a fronteira, é a divergencia sobre a Ilha Brasileira (pequena ilha na foz do rio quaraí), reivindicada por ambas, porém, não gera brigas.

Cidades da fronteira[editar | editar código-fonte]

Cidades Fronteiriças com acesso a outras
Brasil Uruguai População (Juntas) Notas
Santana do Livramento Rivera 146.939 Maiores cidades da fronteira em ambos os lados, cidades conurbadas
Quaraí Artigas 67.021
Jaguarão Rio Branco 41.398 Importante ligação comercial, cidades marcadas pelos free shops no lado riobranqueño
Barra do Quaraí Bella Unión 17.208 Ligação marcada pelo trafego internacional de entorpecentes
Chuí Chuy 16.320 Cidades conurbadas, extremo sul do Brasil e extremo leste do Uruguai
Aceguá Aceguá 5.887 Menores cidades da fronteira em ambos os lados

Nessa fronteira ficam cidades gaúchas tais como:

História[editar | editar código-fonte]

Desde 1815/16 o governo do Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves (Brasil pré-independêcia) vinha procurando anexar essa região do atual Uruguai ao Brasil. Isso veio a ocorrer em definitivo com a vitória portuguesa contra os uruguaios na Batalha de Tacuarembó em 1820.

A região foi denominada Província Cisplatina do então independente Império do Brasil. Foi retomada pelos uruguaios com auxílio de tropas da Argentina em 25 de agosto 1828. Do final dessa guerra se originou a independente República Oriental do Uruguai. A atual fronteira foi estabelecida nessa ocasião