Fronteira China-Índia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Fronteira terrestre entre
 República Popular da China
e  Índia
Mapa da zona de fronteira sino-indo-paquistanesa
Delimita:  República Popular da China e
 Índia
Comprimento: 3380 km
Posição: 9
Características: Em três partes separadas. Traçado não acordado mutuamente em muitos locais.

A fronteira entre China e Índia é a linha que limita os territórios da República Popular da China e da Índia. Esta fronteira tem três partes separadas, pois o Nepal e o Butão estão ambos encravados entre estes dois países, e separados entre si. O traçado não está acordado mutuamente em muitos locais.

A oeste do Nepal, o traçado da fronteira segue na cordilheira do Himalaia. Não existe acordo em muitos locais, particularmente a norte da região de Aksai Chin, administrada pela China mas reivindicada pela Índia. Neste local a fronteira corresponde de facto à Linha de Controle Real (Line of Actual Control) entre os dois países. Mais a norte, a Índia controla o glaciar de Siachen, reivindicada pelo Paquistão, zona fronteira ao Vale de Shaksgam, ocupada pela China mas reivindicada pela Índia.

Entre o Nepal e o Butão, a Índia e a China partilham de novo um pequeno pedaço de fronteira.

A leste do Butão, os dois países têm fronteira até Mianmar. O traçado desta linha divisória é de novo polémico, pois a China não reconhece a soberania indiana sobre Arunachal Pradesh.

Posto fronteiriço de Nathu La, um chamariz turístico numa fronteira raramente atravessada

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre fronteiras é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.